quinta-feira, 19 de abril de 2018

Conselho do Apóstolo: Minha esposa me deixou e assumiu um novo relacionamento!



Todos os dias, Apóstolo Estevam Hernandes leva uma palavra esclarecedora aos ouvintes e telespectadores durante o “Renascer”, seu programa matinal na Rede Gospel de TV e de Rádio.

Confira, a seguir, os conselhos que ele deixou para o Rubens Fonseca, que está enfrentando a dor da perda e da separação:

Dúvida: Estou enfrentando um sério problema familiar. Minha esposa saiu de casa e me deixou com nossos três filhos. Ela assumiu um novo relacionamento. Estou desesperado. Quero minha família de volta. Tenho orado e jejuado para ela orar. Manter minha sanidade mental está muito difícil. Por isso, busquei ajuda psiquiátrica. Estou à base de remédios tarja preta. O que eu faço para lidar com tudo isso?

Resposta: O meu primeiro conselho é para que você deixe de tomar esses remédios. Você é uma pessoa normal. Não há nada de errado com você! Você está passando por um trauma, por uma grande e dolorosa luta.

Sabe, querido, a pior coisa que pode acontecer quando enfrentamos uma guerra, é desfalecermos e entregarmos os pontos.

Ao tomar estes remédios, você perderá o seu poder de luta e poderá cair em uma grande armadilha: a dependência química.

O meu segundo conselho é: não se perca no meio desta loucura! Não enterre sua vida nesta situação. Seus filhos precisam de você!

Quando José estava prestes a enfrentar um grande desafio, Deus disse a ele: “Sê forte e corajoso! Não se apavore e nem se desespere!”.

O meu terceiro conselho é exatamente esse: seja forte e corajoso! É difícil, eu sei! Mas não é impossível!

O meu quarto conselho é: enfrente esta guerra espiritualmente! Ore, jejue! Faça da fé e da esperança naquele que é fiel e justo para cumprir Suas promessas a sua base de sustentação. Lute pelo seu casamento!

O meu quinto conselho: é não permita que o inimigo leve mais do que ele já levou. Porque a nossa tendência é, diante de uma guerra dessas, abandonarmos outras áreas de nossas vidas. O inimigo quer que você perca a alegria de viver, ele quer que você enterre seus sonhos, que você abandone seu trabalho, seu ministério e o seu relacionamento com Deus!

Permaneça fiel! Coloque sua vida em movimento, porque maior é aquele que está em você!

Clique aqui e confira a orientação do Apóstolo Estevam na íntegra!

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Como nasce um traidor?


Mateus 27.3: “Então, Judas, o que o traiu, vendo que Jesus fora condenado, tocado de remorso, devolveu as trinta moedas de prata aos principais sacerdotes e aos anciãos, dizendo: Pequei, traindo sangue inocente. Eles, porém, responderam: Que nos importa? Isso é contigo. Então, Judas, atirando para o santuário as moedas de prata, retirou-se e foi enforcar-se.

E os principais sacerdotes, tomando as moedas, disseram: Não é lícito deitá-las no cofre das ofertas, porque é preço de sangue. E, tendo deliberado, compraram com elas o campo do oleiro, para cemitério de forasteiros. Por isso, aquele campo tem sido chamado, até ao dia de hoje, Campo de Sangue.

Então, se cumpriu o que foi dito por intermédio do profeta Jeremias: Tomaram as trinta moedas de prata, preço em que foi estimado aquele a quem alguns dos filhos de Israel avaliaram; e as deram pelo campo do oleiro, assim como me ordenou o Senhor.”

Esta passagem gera, em muitos, um sentimento de revolta contra Judas. É normal. Judas é conhecido como aquele que vendeu e traiu Jesus! Para cometer tal ato – que eu não encontro palavras para descrever –, com certeza, ele deixou que o inimigo entrasse no seu coração e dominasse seus sentimentos.

Sabe, querido internauta, esta atitude de Judas deve nos levar a refletir sobre diversas questões. Hoje, eu gostaria de enumerar algumas.

Em primeiro lugar: Como você tem conduzido sua vida? Debaixo de princípios de lealdade e fidelidade ou como se Deus não existisse?

Hoje, infelizmente, existem pessoas são movidas de acordo com seus interesses. Infelizmente, tem sido assim: O que paga mais leva! Existem pessoas que têm valor, existem outras que têm um preço!

Antes de trair, não pensam na amizade, na família, nas promessas que fez, nas consequências...

Você acha que Judas era fiel a Cristo? Você acha que ele era um homem de aliança? Não! Sinceramente, nunca foi. Por isso que ele foi um excelente instrumento nas mãos do inimigo.

Satanás anda ao nosso derredor buscando a quem possa tragar. As deformações de Judas o toraram um excelente candidato a traidor. 

Nós precisamos vigiar para não abrirmos brechas como essas. A traição é uma malignidade que entra sutilmente nos corações.

Tome cuidado... Nas pequenas e nas grandes atitudes, seja radical. Por quê? Porque pequenas concessões podem trazer terríveis consequências.  

"Mas, Apóstolo, eu sou fiel!". É mesmo? Mas por que, então, você fala mal dos outros? Isso também é sinal de deslealdade!

Não fale mal de ninguém! Não julgue! Guarde seu coração e não se envolva na onda de calúnias, de fofocas... Não seja mais um instrumento de destruição, mas seja um agente transformador!

Sabe, querido leitor, eu acredito que, em seu íntimo, Judas julgava Jesus. Eu acho que ele tinha dúvidas do tipo: “Será que Ele realmente é o Filho de Deus? Será que Ele é o Messias?”. Eu acredito que ele tinha uma série de dúvidas. Ele, infelizmente, deixou que pensamentos duvidosos se transformassem em sentimentos devastadores.

Por isso, eu reforço: Guarde o seu coração para que os seus sentimentos não te roubem e não te façam tomar atitudes precipitadas e inconsequentes. Não seja um campo fértil para a semente da traição.

Eu acredito que, se Judas tivesse vigiado, o destino dele seria outro. Ele poderia ter lutado contra aqueles questionamentos.

Enquanto há tempo, nós precisamos nos blindar, porque Deus não nos predestinou para a traição. Deus nos chamou para a fidelidade.

Em segundo lugar: O quanto as riquezas podem ser um caminho de morte

1 Timóteo 6.10: “Porquanto, o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e por causa dessa cobiça, alguns se desviaram da fé e se atormentaram em meio a muitos sofrimentos...”

Os recursos financeiros são importantes para atender nossas necessidades. É com ele que sustentamos nossa família... Só que a ganância é destruidora!

Existem pessoas que, por causa do dinheiro, colocam vidas em riscos... É o que nós vemos todos os dias nos noticiários. Sem contar os escândalos de corrupção. Existem políticos que ignoram a necessidade do povo e desviam bilhões. Não se importam se existem pessoas que estão morrendo nas filas de hospitais, ou se não têm o que comer, ou se não têm um teto...

É isso o que o inimigo quer! Ele quer implantar a ganância no coração do homem, para que ele seja um instrumento de destruição.

Sabe qual foi o problema de Judas? Para ele, as riquezas estavam em primeiro lugar. Mas, no final, foram a sua própria sepultura.  

Há pessoas que amam mais o dinheiro do que o seu chamado. Há pessoas que amam mais o dinheiro do que a própria família.

Judas foi induzido à corrupção. Claro que ele poderia ter resistido, mas ele se deixou levar. Sabe qual foi a consequência? O desespero e a morte. A atitude que ele teve era irreparável.

Por isso, meu querido leitor, tome cuidado para que a corrupção não encontre um espaço no seu coração. Seja íntegro, seja honesto, seja inabalável, seja radical, a ponto de dizer para o inimigo: “Para trás de mim! Eu não tenho parte na sua obra de destruição!”.

Em terceiro lugar: Tenha consciência te que um erro pode ser fatal.

1 Coríntios 10.12: “Aquele que está em pé cuida para que não caia!”

Mateus 26.41: “Vigiai e orai, para não cairdes em tentação!”

O inimigo não está de brincadeira. Ele fará de tudo para derrubar e destruir os escolhidos de Deus.

Judas ficou tão atormentado, que não conseguiu desfrutar daquelas 30 moedas de prata. Aquele pequena semente de corrupção se transformou em uma grande injustiça e em um suicídio. O fim foi tenebroso e irreparável!


Em vez de ser conhecido como um grande apóstolo, Judas ficou conhecido como o traidor! Qual marca você quer deixar na vida de quem te ama? 

A da traição ou a do amor, que acolhe, protege e transforma? Pense nisso!

terça-feira, 17 de abril de 2018

O esfriamento espiritual


Oseias 14: 1 a 8 “Volta, ó Israel, para o Senhor, teu Deus, porque, pelos teus pecados, estás caído. Tende convosco palavras de arrependimento e convertei-vos ao Senhor; dizei-lhe: Perdoa toda a iniquidade, aceita o que é bom e, em vez de novilhos, os sacrifícios dos nossos lábios. 

A Assíria já não nos salvará, não iremos montados em cavalos e não mais diremos à obra das nossas mãos: tu és o nosso Deus; por ti o órfão alcançará misericórdia. 

Curarei a sua infidelidade, eu de mim mesmo os amarei, porque a minha ira se apartou deles. Serei para Israel como orvalho, ele florescerá como o lírio e lançará suas raízes como o cedro do Líbano. Estender-se-ão os seus ramos, o seu esplendor será como o da oliveira, e sua fragrância como a do Líbano. 

Os que se assentam de novo à sua sombra voltarão; serão vivificados como o cereal e florescerão como a vide; a sua fama; a sua fama será como o vinho do Líbano. Ó Efraim, que tenho eu com os ídolos? Eu te ouvirei e cuidarei de ti; sou como o cipreste verde; de mim procede o seu fruto.”

No momento em que nós passamos por um esfriamento espiritual, estamos em apostasia. Apostatar é não se importar com nada! É não estar ligado a nada. O apóstata é indiferente e apático.

Paulo fala, em 1 Timóteo 1, que a apostasia é a origem do ensinamento de demônios. Existem muitas pessoas que, nesta condição, ensinam que não precisamos ir à igreja, que não existe cobertura espiritual, que a igreja não tem autoridade... Essas pessoas não respeitam autoridades, anulam o agir do Espírito Santo de Deus e espumam sua sujidade, como ondas bravias do mar.

Sabe qual será o destino delas? Infelizmente, será a queda, porque elas buscam sua própria destruição.


Judas 12 e 13 “Estes homens são como rochas submersas, em vossas festas de fraternidade, banqueteando-se juntos sem qualquer recato, pastores que a si mesmos se apascentam; nuvens sem água impelidas pelos ventos; árvores em plena estação dos frutos, destes desprovidas, duplamente mortas, desarraigadas; ondas bravias do mar, que espumam suas próprias sujidades; estrelas errantes, para as quais tem sido guardada a negridão das trevas, para sempre.”

Na passagem que lemos no início do estudo, Deus fala:

Em primeiro lugar: Levante-se!

Ele explica que você pode estar caído, porque se voltou aos ídolos, abandonou os ensinamentos do Senhor e deixou este esfriamento cauterizar o seu coração.

Se você está nesta condição, levante-se, porque Deus vai te restaurar. Levante-se, porque Ele tem um novo tempo para você!

Em segundo lugar: Creia!

Tenha consciência de que todas as alternativas, fora seguir a vontade de Deus, não te levaram a lugar algum! Os homens resolveram? Os ídolos resolveram? Essa doutrina esdruxula, herética e demoníaca resolveu? Não!

Então, o Senhor está dizendo: “Aquilo que não resolveu a sua vida, você vai abandonar! Você vai voltar a Mim, porque Eu tenho uma nova história para você!”.

Deus estava dando uma nova oportunidade ao povo de Israel, a oportunidade de eles serem curados.

Esta palavra é tão tremenda, pois mostra a grandiosidade do amor do nosso Pai celestial. Se você abandonou a Deus, seu trabalho, sua casa e sua família, Ele vai te curar e te trazer de volta!

Ele vai limpar essas feridas, e não haverá mais nenhuma cicatriz do tempo em que você foi infiel! Ele faz nova todas as coisas!

Deus também estenderá sobre nós o Seu amor. Ele será o nosso cipreste e restaurará todas as coisas!


A Palavra do nosso Senhor vem com força aos nossos corações, mostrando que a destruição, que este tempo que você viveu afastado de Deus trouxe para você – porque estar longe do nosso Pai de amor traz consequências terríveis –, não faz mais parte de quem você é! O Senhor está transformando o seu deserto em um campo florido! Deus vai te restaurar, para que você volte a ser o Israel que Ele projetou.

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Como alçar voos altos na vida profissional

A maioria dos profissionais que inicia uma carreira almeja alcançar o topo da pirâmide com a maior velocidade possível. Mas sendo este o desejo de muitos é evidente que o funil de oportunidades é rigoroso. Por isso, é necessário estar preparado paras as oportunidades que podem surgir.


Em uma se suas palestras, Apóstolo Estevam Hernandes ensinou segredos para quem busca evoluir profissionalmente. Acompanhe, a seguir, a ministração:

Josué 1.1 a 9: “Depois da morte de Moisés, servo do Senhor, falou o Senhor a Josué, filho de Num, servidor de Moisés, dizendo: Moisés, meu servo, é morto; levanta-te pois agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que eu dou aos filhos de Israel. Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo dei, como eu disse a Moisés. Desde o deserto e este Líbano, até o grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o poente do sol, será o vosso termo.

Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida. Como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei. Esforça-te, e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria. Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, cuidando de fazer conforme toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; não te desvies dela, nem para a direita nem para a esquerda, a fim de que sejas bem sucedido por onde quer que andares.

Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não te atemorizes, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus está contigo, por onde quer que andares.”


Esta é a palavra do Senhor direcionada a um jovem chamado Josué. Ele estava em um momento de transição, insegurança e de incertezas. Ele tinha que enfrentar situações difíceis sem seu apoio, que era Moisés.

Assim é a caminhada de um servo de Deus: cheia de desafios!

De repente, Josué se viu como um líder, mas, no seu interior, já havia uma constituição.

Talvez, ao olhar esta provação, você pense: “Eu não estou preparado!”. Isso ocorre quando você coloca suas deformações no lugar da bênção. Enxergue, com os olhos da fé, e caminhe de acordo com o direcionamento do Senhor.

Neste texto, nós vemos que Deus encorajou Josué, quando disse:

Em primeiro lugar: “Sê forte e corajoso!”


Resultado de imagem para como crescer profissionalmente

Ser forte é ter estrutura espiritual, é ter força interior, é não se entregar às investidas do inimigo, é ser inabalável!

Deus não te fez fraco! Por isso, assuma este desafio! Aquele te enviou também te conduzirá em triunfo.

Em segundo lugar: “Ninguém poderá te resistir todos os dias da sua vida! Assim como fui com Moisés, serei contigo”

Em terceiro lugar: “Eu estou te enviando...”


-Para ser vencedor

Romanos 8.37: “Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.”

-Para ser um conquistador

-Para ter sucesso

Josué tinha começado o dia triste, mas, depois daquela palavra, ele se reanimou no Senhor. Seu comportamento já não era mais o mesmo.

Quando ele se apresentou, o povo não viu um Josué inseguro, mas um homem cheio de ousadia e disposição.

Esta dívida, esta decepção, esta incompreensão em relação às lutas que você tem vivido não são mais fortes do que o envio.

Encha-se do espírito, mude de comportamento, porque Deus tem para você uma jornada de vitórias, como também teve para Josué!

Dê um upgrade na sua carreira

Todas as segundas-feiras, a partir das 20 horas, a Igreja Renascer realiza as reuniões da AREPE (Associação de Renascer de Empresários e Profissionais Evangélicos).

O culto é direcionado para empresários, profissionais liberais e para pessoas que precisam de restauração e um direcionamento na área profissional.

No Renascer Hall, sede internacional da Renascer em Cristo (Rua Dr. Almeida Lima, 1290 - Mooca), em São Paulo, as palestras são ministradas pelo Apóstolo Estevam Hernandes.



Redação iGospel

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Um verdadeiro homem de aliança entende que suas conquistas começam no mundo espiritual


Filipenses 4.8: “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento.”

Um dos princípios da conquista é a ocupação de espaços. Deus envia Abraão para o Egito, pois queria que ele ocupasse um espaço até então não ocupado. Mas Abraão precisava entender que aquela conquista também seria o reflexo de uma ocupação espiritual.

Para ocuparmos espaços materiais, precisamos, em primeiro lugar, ocupá-los espiritualmente!

O nosso interior também é um espaço disputado! Ou ele pode ser ocupado pelo Espírito Santo ou por forças malignas!

1 Coríntios 6.19: “Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?”

Mateus 12.43 a 45: “Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares áridos procurando repouso, porém não encontra. Por isso, diz: Voltarei para minha casa donde saí. E, tendo voltado, a encontra vazia, varrida e ornamentada. Então, vai e leva consigo outros sete espíritos, piores do que ele, e, entrando, habitam ali; e o último estado daquele homem torna-se pior do que o primeiro. Assim também acontecerá a esta geração perversa.”

Precisamos ter consciência de que:

1- Ocupar espaços é necessário para descobrirmos que somos e quem nos enviou.

Gênesis 12.1 a 4: “Ora, disse o SENHOR a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção!

Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra. Partiu, pois, Abrão, como lho ordenara o SENHOR, e Ló foi com ele. Tinha Abrão setenta e cinco anos quando saiu de Harã.”

Abraão precisava entender que ele era ungido e que Deus tinha um grande plano para realizar nele e através dele!

2- Precisamos ser proativos e ter disposição espiritual para ocupar a posição que o Senhor determinou para nós!

Gênesis 13.17: “Levanta-te, percorre essa terra no seu comprimento e na sua largura; porque eu ta darei.”

Aquela era uma ocupação física e espiritual. Abraão tinha que percorrer a terra e, profeticamente, ocupar os espaços que seriam conquistados, partindo do principio de que aonde colocarmos a planta de nossos pés, o Senhor nos dará por herança.

Josué 1.3: “Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu prometi a Moisés.”

3- Deus nos enviou para ocuparmos lugares altos.

2 Samuel 5.5 a 9: “Em Hebrom, reinou sobre Judá sete anos e seis meses; em Jerusalém, reinou trinta e três anos sobre todo o Israel e Judá. Partiu o rei com os seus homens para Jerusalém, contra os jebuseus que habitavam naquela terra e que disseram a Davi: Não entrarás aqui, porque os cegos e os coxos te repelirão, como quem diz: Davi não entrará neste lugar.

Porém Davi tomou a fortaleza de Sião; esta é a Cidade de Davi. Davi, naquele dia, mandou dizer: Todo o que está disposto a ferir os jebuseus suba pelo canal subterrâneo e fira os cegos e os coxos, a quem a alma de Davi aborrece. (Por isso, se diz: Nem cego nem coxo entrará na casa). Assim, habitou Davi na fortaleza e lhe chamou a Cidade de Davi; foi edificando em redor, desde Milo e para dentro.”

Josué não havia conseguido conquistar a parte mais alta da terra, ou seja, o local mais importante. Mas Davi se levantou para ocupá-lo.

Não podemos nos conformar com os lugares baixos! O Senhor tem muito mais para nós!

É tempo de assumirmos nossa posição e avançarmos!


1 Coríntios 2.9: “... mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.”

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Conselho do Apóstolo: Por que as minhas orações só funcionam para os outros?



Todos os dias, Apóstolo Estevam Hernandes leva uma palavra esclarecedora aos ouvintes e telespectadores durante o “Renascer”, seu programa matinal na Rede Gospel de TV e de Rádio.

Confira, a seguir, os conselhos que ele deixou para a Vanessa de Oliveira: 

Pergunta: Apóstolo, eu tenho orado por muitas pessoas, e tenho visto Deus as abençoando a cada dia, principalmente na área sentimental. Mas, quando eu oro por algum propósito relacionado à minha vida, nada acontece. Por quê? 

Resposta: Querida Vanessa, a tua afirmação não é verdadeira! Se você ora por alguém e Deus responde, você acha mesmo que Ele não te ouve?

Precisamos ter consciência de que o Senhor tem planos e propósitos diferentes para realizar na vida de cada pessoa. Cada um possui uma missão aqui na terra.

Você já parou para pensar que o fato de você não receber o que você tanto tem pedido para o Senhor significa que você ainda não está pronta? Deus precisa trabalhar na sua vida primeiro.

Você já parou para pensar que aquilo que você tanto deseja pode não ser o melhor?

Você já parou para pensar que você não pode buscar a Deus somente para que Ele realize a tua vontade? Por que você não ora para que a vontade d´Ele se manifesta na sua vida? 

Você já parou pensar que há um tempo certo para todas as coisas? Não há uma única oração sincera que não seja respondida! É o que Jesus nos ensina na Parábola do Juiz Iníquo:

Lucas 18.1 a 7: “Disse-lhes Jesus uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer: Havia em certa cidade um juiz que não temia a Deus, nem respeitava homem algum. Havia também, naquela mesma cidade, uma viúva que vinha ter com ele, dizendo: Julga a minha causa contra o meu adversário.

Ele, por algum tempo, não a quis atender; mas, depois, disse consigo: Bem que eu não temo a Deus, nem respeito a homem algum; todavia, como esta viúva me importuna, julgarei a sua causa, para não suceder que, por fim, venha a molestar-me. Então, disse o Senhor: Considerai no que diz este juiz iníquo.

Não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que a ele clamam dia e noite, embora pareça demorado em defendê-los? Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça. Contudo, quando vier o Filho do Homem, achará, porventura, fé na terra?”

No tempo certo, o Senhor vai se manifestar. Não seja como aqueles que perdem o milagre por causa da precipitação!

Salmos 46.10: “Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus...”

Continue orando pelas pessoas, continue fazendo a obra, porque o Senhor vai honrá-la segundo a vontade d´Ele.

Gálatas 6.9: “E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não desfalecermos.”
                                                                                                                                  
Clique aqui e confira o conselho na íntegra.

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Em tempos de crise, não podemos perder a esperança



Gênesis 41.17 a 33: “Então, contou Faraó a José: No meu sonho, estava eu de pé na margem do Nilo, e eis que subiam dele sete vacas gordas e formosas à vista e pastavam no carriçal. Após estas subiam outras vacas, fracas, mui feias à vista e magras; nunca vi outras assim disformes, em toda a terra do Egito. E as vacas magras e ruins comiam as primeiras sete gordas; e, depois de as terem engolido, não davam aparência de as terem devorado, pois o seu aspecto continuava ruim como no princípio. Então, acordei.

Depois, vi, em meu sonho, que sete espigas saíam da mesma haste, cheias e boas; após elas nasceram sete espigas secas, mirradas e crestadas do vento oriental. As sete espigas mirradas devoravam as sete espigas boas. Contei-o aos magos, mas ninguém houve que mo interpretasse. Então, lhe respondeu José: O sonho de Faraó é apenas um; Deus manifestou a Faraó o que há de fazer.

As sete vacas boas serão sete anos; as sete espigas boas, também sete anos; o sonho é um só. As sete vacas magras e feias, que subiam após as primeiras, serão sete anos, bem como as sete espigas mirradas e crestadas do vento oriental serão sete anos de fome. Esta é a palavra, como acabo de dizer a Faraó, que Deus manifestou a Faraó que ele há de fazer.

Eis aí vêm sete anos de grande abundância por toda a terra do Egito. Seguir-se-ão sete anos de fome, e toda aquela abundância será esquecida na terra do Egito, e a fome consumirá a terra; e não será lembrada a abundância na terra, em vista da fome que seguirá, porque será gravíssima. O sonho de Faraó foi dúplice, porque a coisa é estabelecida por Deus, e Deus se apressa a fazê-la. Agora, pois, escolha Faraó um homem ajuizado e sábio e o ponha sobre a terra do Egito.”

Hoje, eu não vou contar a história de José, mas gostaria de falar sobre o momento estratégico em que ele foi levantado no Egito.

O faraó estava inquieto porque tivera dois sonhos que ninguém conseguia interpretar. José, então, conseguiu decifrá-los e explicou que viriam sete anos de escassez. Mas, além de interpretar os sonhos, ele sabiamente deu um conselho ao faraó: manter os celeiros cheios durante os sete anos de fartura que antecederiam a os sete anos de crise.   

O Egito representa o mundo em que estamos vivendo. Nós somos como José: aqueles que foram levantados para fazer a diferença.

Hoje, eu gostaria de destacar três aspectos importantes:

1- Precisamos vencer o período da assolação com a esperança que o melhor de Deus virá

A tendência, diante de períodos de crie, é perdemos a esperança e entregarmos os pontos. Por isso que, quando parece que é o fim da linha, quando todas as evidências humanas são contrárias ao que estamos esperando, temos que andar pela fé.

Diante daquela notícia de que uma grande crise os esperava, eles fizeram o quê? Trabalharam e creram na estratégia recebida pelo Senhor. Assim, eles passaram pela crise, mas sem ser sucumbidos por ela. Em tempos de escassez, foram supridos em todas as necessidades.

Diante das crises, precisamos ter nossos olhos espirituais abertos e andar de cabeça erguida. A nossa dignidade não está no nosso carro, ou nas roupas que usamos, ou na nossa conta bancária, mas no nome de Jesus Cristo, porque Ele nos tornou dignos de irmos para a eternidade com Ele. Os planos d’Ele são superiores”, declarou.

2- Precisamos alimentar as vacas magras com abundância que o Senhor no dará

A nossa vitória é determinada quando passamos a depender do Senhor! Não se preocupe, porque Ele não vai permitir que o inimigo te devore. Ele transforma lutas em bênçãos. Os seus celeiros não vão só ficar cheios, mas vão transbordar.

3- Os dias de celeiros vazios acabaram

O Egito e tornou poderoso porque, no período de vacas magras, eles tinham os celeiros cheios. E assim será com você. A sua vitória vem do Senhor. Ele está inaugurando um tempo de honra para a sua vida. Ele vai te diferenciar nesta terra!

terça-feira, 10 de abril de 2018

Você não está sozinho!


João 14. 1 a 15: “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também. E vós sabeis o caminho para onde eu vou.

Disse-lhe Tomé: Senhor, não sabemos para onde vais; como saber o caminho? Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim. Se vós me tivésseis conhecido, conheceríeis também a meu Pai. Desde agora o conheceis e o tendes visto. Replicou-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta.

Disse-lhe Jesus: Filipe, há tanto tempo estou convosco, e não me tens conhecido? Quem me vê a mim vê o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? Não crês que eu estou no Pai e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo por mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, faz as suas obras. Crede-me que estou no Pai, e o Pai, em mim; crede ao menos por causa das mesmas obras.

Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai. E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. Se me amais, guardareis os meus mandamentos.”

Nesta passagem, o Senhor Jesus dividiu princípios profundos. Hoje, eu vou destacar três deles: 

Em primeiro lugar, Ele disse: “Não se desesperem!”.

Talvez, hoje, você esteja perturbado por causa dos problemas que te cercam. Aquilo sempre fica martelando, martelando, martelando... na sua mente, a ponto de você perder a paz e as forças! 

Como vencer esta perturbação? Com a certeza de que haverá bom futuro. Com a certeza de que, no Senhor, suas esperanças jamais serão frustradas.

Para vencermos a perturbação, precisamos saber qual será o nosso destino. O nosso futuro é a eternidade com Jesus! Prepare-se para isso!

Em segundo lugar, Ele afirmou: “Há um caminho!”.

Jesus é o caminho, a verdade e a vida! Sabe por que você está tão perdido? Porque você ainda não encontrou este caminho. 

O Senhor quer te dar equilíbrio, paz, tranquilidade, alegria.... Ele quer te sarar, te restaurar e mudar sua história! 

Jesus Cristo é o caminho para a sua salvação!

Em terceiro lugar, ele conscientizou: “Vocês não estão sozinhos. Vou conduzi-los em vitória!”.

Jesus Cristo disse que Ele também é o Pai e que nós faríamos as mesmas obras que Ele realizou e maiores ainda. 

O Senhor Jesus tem um plano e um propósito para a sua vida! Creia nisso!


Não desista, não perca a esperança, seja perseverante, porque aquele que te enviou é o mesmo que dará a vitória!

segunda-feira, 9 de abril de 2018

A determinação que abre portas


Neste sábado, 07 de abril, durante a Ceia de Oficiais realizada no Renascer Arena, em São Paulo, o Apóstolo Estevam Hernandes ministrou sobre a determinação que abre portas. Ele afirmou: “O diabo fica falando que não vai acontecer, mas para quem é determinado já aconteceu.”


Após ler Tiago 4.1-10, o apóstolo explicou que as nossas guerras têm uma origem: são os prazeres encobertos dentro de nós que nos levam a ter sentimentos que são destruidores e com isso abrimos brechas para muitos roubos do inimigo e nos tornamos incompetente e impotentes para resolver nossa vida.

De acordo com o apóstolo Estevam, a determinação de Ezequias foi o caminho para uma poderosa superação (2Cr 29.1-5). “Um posicionamento tão forte parte de uma determinação interior que é uma característica de Cristo na vida do homem. Que você seja batizado com a determinação de Jesus Cristo”, declarou.

Muitas pessoas viraram as costas para a obra de Deus porque não têm determinação

Ele explicou que vão chegar dias em que as pessoas não vão mais conseguir ouvir a Palavra de Deus e que muitos já retrocederam e saíram da presença de Deus.

“Há um grupo de pessoas que voltaram atrás por que não entenderam o discurso de Jesus. O diabo consegue mexer com a mente humana quando as pessoas não entendem a Palavra e por falta de convicção, ai viram as costas para a obra de Deus. (...) É possível virar as costas quando as pessoas imaginam que andar com Jesus é um clube social que serve à sua conveniência. Outras desistiram porque se decepcionaram com os homens. Mas a verdade é que viraram as costas porque não têm determinação, pois nem tudo na vida com Deus você vai entender.”

Apóstolo afirmou: “Não houve decepção que me tirasse da presença de Jesus. Será que eu vou ser traidor? Porque quando eu não tenho determinação, estou aberto para tudo. Se eu perguntar aqui quem conhece alguém que abandonou Jesus porque se decepcionou com o homem, todos levantarão a mão. Mas não foi Deus que te decepcionou, foi homem. Então, por que você está assim com Deus? Limpe o teu coração, porque as tuas decepções humanas não foram causadas por Deus. Eu te garanto: os homens podem te decepcionar, mas Deus jamais te decepcionará. Pisa na cabeça de satanás com determinação. Ainda que tudo possa ruir, eu estou firmado no Senhor; estou enraizado e não há demônios e nem situações que possam nos fazer voltar atrás. Seja determinado; seja apostólico”.

Diga: Todas as decepções que Satanás quer me mostrar e que estão escondidas e vivas no meu interior, eu coloco agora na cruz de Cristo e me liberto, em nome de Jesus.
  
Existem pessoas que são roubadas em sua determinação por causa do mundo

“Nós estamos aqui em um sábado à noite porque morremos para o mundo. Eu não estou interessado no que o mundo pensa e em seus padrões. Eu nasci e vivo para Jesus e vou exaltar Seu nome enquanto eu viver. Minha vida é Jesus.

Sabe qual é o câncer que o diabo tem colocado na igreja? É que nós amamos o mundo. Deus sabe que você precisa de dinheiro, de casa, roupas, carro, mas estas coisas não podem ser maiores do que seu amor por Cristo. Mas lamentavelmente muitos dizem que estão vivendo o Evangelho, mas estão ligados com o mundo. Amizade do mundo é inimizade para com Deus. Ou eu amo a Deus ou amo o mundo. Se no teu coração tiver amor ao mundo, você vai se desligar de Deus”.


Quem tem determinação tira força da fraqueza

“Ezequias recebeu essa determinação que abre portas. A minha determinação faz com que eu viva diferente do que o mundo pensa. Não quero viver como o mundo vive e não quero pensar como o mundo pensa. E como o mundo pensa? Se tiver tudo bem, então Deus está comigo. Mas Paulo disse: “Cinco vezes recebi dos judeus uma quarentena de açoites menos um; fui três vezes fustigado com varas; uma vez, apedrejado; em naufrágio, três vezes; uma noite e um dia passei na voragem do mar; em jornadas, muitas vezes; em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos entre patrícios, em perigos entre gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre falsos irmãos; em trabalhos e fadigas, em vigílias, muitas vezes; em fome e sede, em jejuns, muitas vezes; em frio e nudez.” (2Co 11:24-33)

Como você julgaria Paulo? Você, provavelmente diria: Deus não está na vida dele. Mas a determinação de Paulo o fez passar pelo insuportável,

Você está disposto a sofrer por Cristo?

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas, flor e atividades ao ar livre

Estamos vivendo um momento perigoso, um momento em que o Evangelho precisa ser depurado. Ou você abraça 100% Jesus ou os demônios vão te derrubar. O Senhor virá e vai separar o joio do trigo; chega de viver meio evangelho. Está na hora de honrarmos Aquele que morreu na cruz e nos deu salvação eterna.

Seu casamento está ruim? Joelho no chão. Problema financeiro? Joelho no chão. Evangelho não é feito de privilégios, mas de uma relação profunda com Deus; Quem é determinado faz grandes obras, tem sucesso, ganha a família inteira pra Jesus Todas as vezes que o diabo disser que não vai acontecer, isso será sinal da tua vitória Eu não vou ficar parado na palavra de Satanás, mas vou viver a palavra do meu Deus.”


Como você receberia a notícia de que vai morrer amanhã?

“Como você receberia esta notícia: amanhã você vai morrer? Ezequias recebeu essa palavra, mas um homem determinado muda o coração de Deus. Um homem determinado muda a determinação de Deus.

Isaias levou a palavra para Ezequias. O que ele fez? Colocou em prática sua determinação. Chorou um pouco, mas se levantou. Um homem determinado sente o baque, mas vai ao altar de Deus e ora.

Mulheres, sejam determinadas! Homens, sejam determinados! Jovens, sejam determinados! E Deus vai honrá-los.

Se você pegar essa palavra e colocar no teu espírito, coisas da sua vida que vc nem imagina, Deus vai começar a mudar. Deus vai mudar sentenças, vai ouvir a tua oração, vai mudar situações. Eu profetizo que em 30 dias teu choro vai se transformar em alegria e a tua angustia em paz e a enfermidade em cura.

Quero encerrar essa palavra com a revelação que Deus me deu:

A determinação de Jesus estava em Ezequias. O Senhor Jesus, quando estava no Getsêmani, tinha opção de dizer que não passaria por aquele sofrimento, mas Ele estava tão determinado a nos salvar e a nos levar para morar com Ele, que disse: Seja feita a Tua vontade. E a vontade de Deus era moê-lo, experimentá-lo, prová-lo. E foi por causa da determinação que Ele saiu do Getsêmani, subiu a via dolorosa carregando uma cruz e disse: Está consumado!

Quem é determinado vence a vergonha

Satanás aposta que você vai desistir, mas o Senhor Jesus venceu e Ele foi até o último momento, até o momento em que Satanás ainda colocou na boca do ladrão: Se você é Filho de Deus, acaba com isso! Mas ele estava determinado a morrer por mim e por você e nem essas palavras nem nada o tiraram do propósito.

A revelação é: só haverá ressurreição se houver determinação.

Por causa da determinação, o rei Ezequias pode ouvir: ‘Daqui três dias você estará completamente curado e vou te livrar das mãos da Assíria e você será honrado diante do povo.’

Por causa da determinação, Jesus, em três dias, venceu a Satanás e venceu a morte.

Nesta noite, o Senhor vai derramar a determinação de Jesus Cristo sobre você. Ao invés de ser alguém inseguro, você será cheio do Espírito Santo, e quando as lutas vierem, você saberá que a tua determinação tocará o coração de Deus e uma grande reposta já está determinada. Então, que se levantem os determinados e os que têm a determinação do Senhor Jesus.”

Diga: Eu não serei nunca mais massa de manobra nas mãos do inferno; nunca mais eu admitirei a possibilidade de ser derrotado, de voltar atrás. E nunca mais eu desistirei daquilo que eu sou: ungido do Deus Vivo. Aleluia!


Se não for determinado não vive o milagre

“A Igreja Apostólica nasceu por causa da determinação de homens que venceram todas as oposições.

Israel só existe por causa da determinação. Jacó grudou no manto do anjo e disse: eu não te largarei enquanto não me abençoares. Ele já tinha lutado pela primogenitura e agora estava lutando pelo direito de ser Israel.

Quantas coisas você desistiu e Deus queria te dar, mas você não mergulhou sete vezes. Ele queria te dar, mas você parou no meio do caminho. Hoje é dia de uma nova largada e um novo tempo.
  
Sabe como Ele nos marca com determinação? Esperando que você vá até o fim.

Para receber o Espírito Santo, Jesus disse: fiquem em Jerusalém. O espírito Santo foi derramado, mas só depois e 40 dias. Naamã não podia ficar curado no segundo mergulho? Mas só aconteceria no sétimo.

Se não for determinado não vive o milagre. O diabo fica falando que não vai acontecer, mas para quem é determinado já aconteceu.”

Ore assim: Espírito Santo, derrame esta determinação no meu espírito e eu vou orar diferente, vou encarar as coisas diferente, vou lutar diferente, vou me posicionar diferente. Eu recebo a determinação de Jesus Cristo! Eu recebo a determinação que marcou a história de Ezequias!


Mônica Vendrame – Redação iGospel
Fotos: Sarah Brito e Alessandra Braga