segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

A revelação de Ezequias


Jeremias 33.3: “Invoca-me, e te responderei; anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes.”

Durante o reinado de seu pai, Acaz, Ezequias presenciou uma série de malignidades e contaminações.

Ao receber o trono por herança, quando tinha apenas 25 anos, ele também assumiu um grande desafio: vencer o plano de Satanás e reconciliar o povo com Deus.

Para realizar esta missão, era necessário que ele recebesse uma revelação espiritual e iniciasse uma grande limpeza.

Aplicando a experiência de Ezequias aos dias atuais, eu gostaria de dividir alguns pontos importantes que eu ministrei neste domingo, durante o Culto de Celebração da Família:

1- Precisamos vencer a fascinação pelo ocultismo.

Gálatas 3.1: “Ó gálatas insensatos! Quem vos fascinou a vós outros, ante cujos olhos foi Jesus Cristo exposto como crucificado?”

As trevas se apoiam nesse fascínio e levam as pessoas a viver uma grande ilusão. Precisamos buscar revelação da luz para não cairmos nas armadilhas do inimigo.

Romanos 16.25: “Ora, àquele que é poderoso para vos confirmar segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do mistério guardado em silêncio nos tempos eternos...”

2- Precisamos receber a revelação da vontade de Deus.

Gálatas 1.12 e 13: “...porque eu não o recebi, nem o aprendi de homem algum, mas mediante revelação de Jesus Cristo. Porque ouvistes qual foi o meu proceder outrora no judaísmo, como sobremaneira perseguia eu a igreja de Deus e a devastava.”

Normalmente, procuramos soluções humanas para resolver nossos problemas. Mas Deus tem para nós caminhos espirituais e planos superiores.

Lucas 12.2: “Nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido.”

Quando descubro o caminho de Deus, independente das circunstâncias, eu tenho  paz!.

Colossenses 3.15 e 16: “Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos. Disse João a todos: Eu, na verdade, vos batizo com água, mas vem o que é mais poderoso do que eu, do qual não sou digno de desatar-lhe as correias das sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.”

3- O Senhor não permite que sejamos enganados, porque Ele sempre revela coisas grandes e ocultas que não sabemos.

Daniel 10.1: “No terceiro ano de Ciro, rei da Pérsia, foi revelada uma palavra a Daniel, cujo nome é Beltessazar; a palavra era verdadeira e envolvia grande conflito; ele entendeu a palavra e teve a inteligência da visão.”

Qual foi a diferença entre Acaz e Ezequias?

Exéquias sempre buscou agradar ao Senhor, e, por conta disso, o seu reinado foi abençoado. Já Acaz recorreu aos ídolos. Por isso, acabou vivendo uma grande miséria espiritual.

Confiar em Deus é se colocar debaixo de Seus planos. Escolha ser como Ezequias! Coloque o Senhor em primeiro lugar!


Efésios 1.17: “...para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele...”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.