sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Nunca é tarde para viver as promessas de Deus!


Josué 15.13 a 19: “A Calebe, filho de Jefoné, porém, deu Josué uma parte no meio dos filhos de Judá, segundo lhe ordenara o SENHOR, a saber, Quiriate-Arba, isto é, Hebrom; este Arba era o pai de Anaque.  Dali expulsou Calebe os três filhos de Anaque: Sesai, Aimã e Talmai, gerados de Anaque. Subiu aos habitantes de Debir, cujo nome, dantes, era Quiriate-Sefer.

Disse Calebe: A quem derrotar Quiriate-Sefer e a tomar, darei minha filha Acsa por mulher.  Tomou-a, pois, Otniel, filho de Quenaz, irmão de Calebe; este lhe deu a filha Acsa por mulher. Esta, quando se foi a Otniel, insistiu com ele para que pedisse um campo ao pai dela; e ela apeou do jumento; então, Calebe lhe perguntou: Que desejas? Respondeu ela: Dá-me um presente; deste-me terra seca, dá-me também fontes de água. Então, lhe deu as fontes superiores e as fontes inferiores.”

Apesar de estar com 85 anos, Calebe não estava desgastado física ou psicologicamente. Pelo contrário, ele ainda tinha disposição de sobra para conquistar. Ele, então, recebe de herança uma parte da terra de Judá, chamada Hebrom.

Ao chegar naquele local, ele se deparou com um grande desafio. Aquela terra era habitada por uma família poderosa. Mas, mesmo assim, Calebe seguiu em frente, porque ele sabia que nunca é tarde para vivermos as promessas de Deus.

Ele manteve o que havia dito a Josué no capítulo 14: “Estou pronto para guerrear, entrar e sair!”.

Quais foram os segredos de Calebe? Vou enumerar alguns:

1º Ele tinha disposição

Você está pronto mesmo para lutar pelos seus sonhos? Você está pronto para pagar o preço pela promessa? Você está pronto para lutar pela sua casa, pela sua família e pelo seu futuro? Você está pronto para vencer as adversidades?

Se você está realmente pronto, então, tenha a certeza de que Deus vai te dar graça porque, aos olhos humanos, Calebe não tinha condições de vencer os gigantes Sesai, Aimã e Talmai. Mas ele tinha disposição e muita fé! Ele não olhou para o tamanho daquela luta, mas para o poder de um Deus ilimitado.

2º Ele não se deixou intimidar

Não se acovarde diante dos desafios! Quando Deus nos dá uma promessa, não significa que ela já virá pronta. Não significa que você deve ficar deitado em uma rede esperando que tudo aconteça.

Mateus 11.12: “O reino de Deus é tomado por força, e aqueles que assim praticam se apoderam dele.”

Para conquistar aquela terra, Calebe não tinha escolha! Ele tinha que enfrentar aqueles gigantes. Ele tinha que enfrentar os poderosos da terra. Qual era o desafio? Não criar expectativas negativas.

As pessoas são derrotadas neste período de conquista porque, em vez de enxergarem as promessas, enxergam as impossibilidades. Elas têm uma disposição interior totalmente contrária.

Lucas 1.37: “Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas.”

Chegou a hora você vencer, de uma vez por todas, as mentiras do inferno. Não deixe que nada te coloque em uma posição inferior.

Jó 42.2: “Bem sei que tudo podes, e nenhum de teus planos podem ser frustrados.”

3º Ele se uniu com aqueles que tinham o mesmo objetivo que ele

Aquele monte não seria apenas de Calebe, mas de toda a sua família. Então, ele envolveu todos na luta. Ele disse: “Eu quero um genro que tenha o meu sentimento. Eu quero um genro que seja um lutador e batalhador!”.

O que aconteceu? Otniel se levantou e assumiu aquele desafio. Ele se casou com Acsa e ajudou Calebe a conquistar aquela terra. Naquele local, eles viveram vitórias e tiveram seus sonhos realizados.

Homem valente, mulher valente, prepare-se para fincar a bandeira com o nome da sua família na terra da sua promessa. Prepare-se para viver além dos seus sonhos, porque a terra é sua e de toda a sua posteridade.


Romanos 5.3 a 5: “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.”

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

A fé é a força mais poderosa do universo!


Mateus 17.18 a 20: “E Jesus repreendeu o demônio, e este saiu do menino; e, desde aquela hora, ficou o menino curado. Então, os discípulos, aproximando-se de Jesus, perguntaram em particular: Por que motivo não pudemos nós expulsá-lo? E ele lhes respondeu: Por causa da pequenez da vossa fé. Pois em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e ele passará. Nada vos será impossível.”

A fé é um dom que Deus deu ao homem. É a força e o poder que nos levam a viver o sobrenatural do Senhor.

Quando nos movemos pela fé, agradamos ao Senhor! Quando nos movemos pela fé, mostramos a Deus que acreditamos incondicionalmente n´Ele.

Hebreus 11.1 e 6: “Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem. De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam.”

Com base, nestes princípios eu gostaria de, por meio deste texto, destacar alguns aspectos fundamentais para uma caminhada de vitórias:

1º Para andarmos pela fé e vivermos o sobrenatural, precisamos superar todas as barreiras humanas

Mateus 13.57 e 58: “E escandalizavam-se nele. Jesus, porém, lhes disse: Não há profeta sem honra, senão na sua terra e na sua casa. E não fez ali muitos milagres, por causa da incredulidade deles.”

A nossa mente produz uma série de barreiras e deduções que nos impedem de crer incondicionalmente.

2- Não devemos andar de acordo com as evidências, mas de acordo com o que acreditamos

O milagre precisa acontecer primeiro dentro de nós!

2 Coríntios 5.7: “...visto que andamos por fé e não pelo que vemos.”

Quando olhamos para as situações com as “lentes de fé”, em vez de gigantes, enxergamos poderosos livramentos.

3- A nossa fé no Senhor jamais será frustrada

Gênesis 15.3 a 6: “Disse mais Abrão: A mim não me concedeste descendência, e um servo nascido na minha casa será o meu herdeiro. A isto respondeu logo o SENHOR, dizendo: Não será esse o teu herdeiro; mas aquele que será gerado de ti será o teu herdeiro. Então, conduziu-o até fora e disse: Olha para os céus e conta as estrelas, se é que o podes. E lhe disse: Será assim a tua posteridade. Ele creu no SENHOR, e isso lhe foi imputado para justiça.”


A fé traz à existência o que não existe! É a chave que nos leva a viver as promessas do Senhor.

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Assumindo novos comportamentos


Mateus 5.33 a 41: “Também ouvistes que foi dito aos antigos: Não jurarás falso, mas cumprirás rigorosamente para com o Senhor os teus juramentos. Eu, porém, vos digo: de modo algum jureis; nem pelo céu, por ser o trono de Deus; nem pela terra, por ser estrado de seus pés; nem por Jerusalém, por ser cidade do grande Rei; nem jures pela tua cabeça, porque não podes tornar um cabelo branco ou preto. 

Seja, porém, a tua palavra: Sim, sim; não, não. O que disto passar vem do maligno. Ouvistes que foi dito: Olho por olho, dente por dente. Eu, porém, vos digo: não resistais ao perverso; mas, a qualquer que te ferir na face direita, volta-lhe também a outra; e, ao que quer demandar contigo e tirar-te a túnica, deixa-lhe também a capa. Se alguém te obrigar a andar uma milha, vai com ele duas.”


Nesta passagem bíblica, Jesus estabelece alguns padrões comportamentais.

Em primeiro lugar, Ele fala: “Não jureis!”.

Naquela época, as pessoas tinham o costume de jurar. Bom, eu acho que até hoje é assim...

O juramento é o reforço de uma palavra. E, atualmente, o que mais tem faltado são pessoas de palavra.

Jesus, então, quebra aquele costume e afirma: “Seja, porém, a tua palavra: sim, sim; não, não. O que disto passar vem do maligno.”.

Então, querido, não jure por nada!  Seja luz do mundo e sal da terra! Seja verdadeiro, honesto e cumpra com suas promessas.

Em segundo lugar, o Senhor Jesus diz: “Seja tolerante!”

Nossa realidade, como seres humanos, seria muito melhor, se fossemos mais tolerantes.

Em 2 Timóteo 3, Paulo disse: “Nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder.”

É exatamente assim que algumas pessoas estão se comportando atualmente. Elas se esquecem de tirar a trave dos seus olhos. Elas se esquecem de que também são falíveis.

A base do cristianismo é o amor! Amor envolve doação, dedicação e andar mais milhas, se for necessário!

Nosso comportamento precisa estar de acordo com o que pregamos.

Não seja alguém que se diz cheio Espírito Santo, mas tem um comportamento totalmente desassociado do cristianismo. É descontrolado, mal humorado e intolerante!

Faça do amor a sua bandeira, e confie na justiça do Senhor.

Seja mais tolerante com seus filhos, com seu marido, com seus colegas de trabalho... Lembre-se de que todos nós somos falhos.

Em terceiro lugar, Ele fala: “Viva o poder da Palavra!”

Isaías 55.10 e 11: “Porque, assim como descem a chuva e a neve dos céus e para lá não tornam, sem que primeiro reguem a terra, e a fecundem, e a façam brotar, para dar semente ao semeador e pão ao que come, assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei.”. 

João 1.1 a 3: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez.”

Que o poder do Verbo esteja sobre sua vida. Assuma novos comportamentos e faça da Palavra de Deus a sua sustentação.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Livre de julgamentos!


Mateus 7.1 a 12: “Não julgueis, para que não sejais julgados. Pois, com o critério com que julgardes, sereis julgados; e, com a medida com que tiverdes medido, vos medirão também.  

Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão, porém não reparas na trave que está no teu próprio? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu?

Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho e, então, verás claramente para tirar o argueiro do olho de teu irmão. 

Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis ante os porcos as vossas pérolas, para que não as pisem com os pés e, voltando-se, vos dilacerem. Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, abrir-se-lhe-á.

Ou qual dentre vós é o homem que, se porventura o filho lhe pedir pão, lhe dará pedra? Ou, se lhe pedir um peixe, lhe dará uma cobra?

Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará boas coisas aos que lhe pedirem? Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a Lei e os Profetas.”

Estamos vivendo tempos difíceis. E, pela falta de conhecimento da Palavra de Deus, as pessoas, muitas vezes, se tornam instrumentos na mão do inimigo.

Nesta passagem, o Senhor Jesus nos deixa alguns conselhos preciosos e nos alerta:

1- Não jugueis, para que não sejais julgados

Como uma pessoa que se diz serva de Deus pode passar o dia todo julgando as pessoas? Pois é! É uma terrível realidade, principalmente nas redes sociais. Essas pessoas agem de forma cruel e precipitadamente!

O autojulgamento também é algo destrutivo.

O único juiz justo é o Todo-Poderoso. Só Ele sabe o nosso deitar e o nosso levantar. Ele conhece todos os nossos pensamentos, anseios, e, antes que a palavra chegue aos nossos lábios, Ele já a conhece.

2- Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis ante os porcos as vossas pérolas, para que não as pisem com os pés e, voltando-se, vos dilacerem

Esta sua necessidade de ficar se justificando para os outros não tem fundamento. Parece que você depende mais homens do que de Deus!

Infelizmente, muitas pessoas não conseguem entender que estão ao lado de Cristo, acima de potestades, principados e dominadores.

Quando Jesus afirma: “...nem lanceis ante os porcos as vossas pérolas, para que não as pisem com os pés e, voltando-se, vos dilacerem.”, Ele quer dizer que não devemos alimentar o nosso inimigo, não podemos deixá-lo forte!

Guarde seu coração, não se precipite e seja guiado por Deus!

3- Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e achareis; batei, e abrir-se-vos-á

Deus nos criou e nos ama profundamente, ele dará coisas melhores e superiores, segundo Sua vontade. Confie!

Quando temos consciência de que somos filhos de Deus, não vivemos à mercê de julgamentos humanos. Nós vivemos por Ele e para Ele!

Ser filho de Deus é se sujeitar a Ele, sabendo que Sua vontade é boa, perfeita e agradável! 

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Dicas para decolar profissionalmente em momentos de crise!

O cenário atual do mercado de trabalho é ameaçador e amedrontador. No Brasil, Atualmente, existem mais de 13 milhões de profissionais desempregados.

Para sobreviver à crise e se destacar profissionalmente, a Gerente de Compliance da Microsoft, Juliana Nogueira, deu as seguintes dicas:

Seja amigo:


Você pode ser um bom profissional, mas se não se der bem com seu chefe, pode acabar gerando um conflito na equipe. Manter um bom relacionamento com ele é essencial. Seja prestativo e esteja sempre disposto.

Seja responsável:


Honre todos os seus compromissos. Antes de assumir algum, verifique se você terá condições de cumpri-lo.

Nada de fofoca!


Afaste-se das fofocas, não só no trabalho, mas em todas as áreas de sua vida, pois isso não acrescenta em nada e ainda é visto com maus olhos. Seja sempre discreto e confiável. 

Seja notável:


Faça seu trabalho bem feito, ajude seus colegas, mostre interesse em aprender novas tarefas, seja útil, disposto e participativo.

Fale menos:


Sabemos que em um momento de tensão, tendemos a falar e fazer algo que podemos nos arrepender depois, então, em uma discussão, fale apenas o necessário. Não discuta quando estiver de cabeça quente.

Já para os desempregados, ela aconselha:

Currículo objetivo:


Cuidado ao mandar currículos ou cartas de apresentações com informações que não vão agregar em nada, ou seja, que não explicam exatamente o que você quer ou o que sabe fazer.

Pesquisa:



Antes sair à procura de outro emprego que vai te deixar infeliz, procure e pense bem. A maioria das pessoas acha que mudar de emprego vai acabar com seus problemas, mas não é bem assim. Pesquise sobre a empresa que você fará a entrevista, através de sites e rede sociais. Isso vai te ajudar a não ter desagradáveis surpresas.

Interação:


Interaja com o entrevistador. Muitos profissionais acham que é só chegar e responder as perguntas, mas não é bem assim. Você precisa mostrar que se importa com o processo num todo. Além de você sair de lá sem duvida, também será levado a serio.

Disponibilidade:


Quando você envia um currículo, acredita-se que você esteja disponível para entrevistas. Deixe o celular sempre ligado e por perto e fique atento aos e-mails. Lembre-se: falta de disponibilidade é falta de interesse.

Clareza:


Deixe bem claro para o recrutador se você terá algum imprevisto, como uma viagem, por exemplo, ou se você precisará se desligar do seu antigo trabalho para começar um novo. Isso transmite credibilidade. Deixar para avisar na última hora é sinal de descaso.

Poupar:


Faça uma poupança para ser usada caso você seja mandado embora. É muito importante ter dinheiro guardado para ter segurança e tranquilidade, quando tiver que procurar um novo emprego.

Na contramão do mundo!

Como lidar com este momento de crise e incertezas? Apóstolo Estevam acredita que, além das habilidades profissionais, ter fé nos livramentos do Senhor é essencial para que não andemos subjugados pelas más notícias. Ele abordou este tema em uma de suas palestras e usou como base a passagem bíblica de Isaias 43: 1 a 13.

“Nesta passagem, o Senhor anuncia: ‘Eu vou te livrar das situações difíceis! Eu vou te livrar das situações que te deixam impotente! Eu vou te livrar das situações que, com certeza, você não teria condições de vencê-las!’. Ele disse que, quando passarmos pelo fogo, Ele nos livrará. Não tem como passar pelo fogo sem ser destruído. Mas Deus está se referindo a um nível de livramento que é espiritual”, explicou.

O líder da igreja Renascer em Cristo ressaltou a importância de uma postura firme e incorruptível em meio às situações de crise. “As nossas reações precisam ser condizentes com aquilo que acreditamos. Muitas vezes, nos cultos, nós levantamos nossas mãos e gritamos: ‘Eu creio!’, mas, na prática, o nosso comportamento é totalmente desassociado do discurso. Entenda, de uma vez por todas, que sua vida está debaixo do controle de um Deus de amor. Independente das adversidades, o Senhor tem grandes livramentos para nós. Creia, porque o melhor ainda está por vir”, afirmou.

Na sequência, o palestrante citou dois grandes livramentos que o Senhor tem para nós. Veja a seguir:

1º) Deus vai te livrar das tuas tempestades e dos teus fantasmas (Mateus 14: 26 a 33)


O Apóstolo usou como exemplo o episódio em que os discípulos enfrentaram uma grande tempestade, que só foi acalmada com a presença de Jesus Cristo. Quando Ele estava se aproximando da embarcação, ninguém conseguiu identificá-lo, pois achavam que se tratava de um fantasma.

O líder da Renascer fez um comparativo entre esta situação desesperadora e as situações inesperadas e desastrosas que afetam nossa vida profissional. “Eles estavam no meio de uma tempestade, assim como muitos estão passando por tempestades profissionais. Eles eram pescadores experientes, mas a barra pesou. Realmente, há momentos em que a barra pesa. Isso ocorre quando estamos desempregados, quando não temos perspectivas de crescimento, quando as contas do mês não fecham... A tempestade por si só já é assustadora e traz aquele sentimento de desproteção”, afirmou.

“Em momento assim, nós começamos a produzir fantasmas e a enxergar o que não existe. Ao ver estes fantasmas, começamos a materializar os nossos medos. E estes medos se levantam contra nós e nos tornam uma pessoa pessimista”, conscientizou.

“Pedro era um homem forte, Jesus veio em sua direção para socorrê-lo. O que Pedro viu? Um fantasma. Aqueles discípulos foram dominados pelo medo, porque não conheciam o poder dos livramentos. Mas Jesus andou sobre as águas, e a ventania cessou. É desta forma que vai acontecer na sua vida. Você vai sair desta situação ileso e testemunhando um grande milagre”, disse.

2º) Você pode sofrer a picada da víbora, mas continuará caminhando (Atos 28: 3 a 5)


O Apóstolo também relatou o momento em que Paulo foi picado por uma cobra, na ilha de Malta, quando estava a caminho de Roma. Surpreendendo a todos, ele sobreviveu ao ataque e não sofreu nenhum efeito colateral. O líder da igreja Renascer destacou que a principal marca de Paulo, neste episódio, foi a perseverança.

“A perseverança é uma das chaves para o sucesso profissional. Todos nós recebemos doses de situações que poderiam nos enfraquecer e nos desanimar, mas precisamos entender que desfalecer é uma escolha. Ao receber a picada, em vez de ficar desesperado e se preocupando com os comentários maldosos, Paulo sacudiu o braço. Dentro dele, havia um antidoto que existe dentro de nós: a convicção naquilo que acreditamos”, disse.

“Todo mundo achou que Paulo iria morrer, mas a situação se reverteu, eles enxergaram Paulo de uma forma diferente. A tua força interior vai mudar o parecer das pessoas ao teu respeito.
Transforme o desanimo em energia para o amanhã. A tua caminhada não vai terminar nesta luta. O antidoto para este desânimo é o Espírito Santo. O livramento já está dentro de você”, conscientizou.

Para finalizar, Apóstolo Estevam afirmou que Deus tem dons, capacitações e unção para ultrapassarmos todos os desafios e crises.


“Estes dons são a essência de Jesus Cristo em nós, são capacitações que recebemos no espírito. Por causa das dificuldades que passamos, nós não conseguimos identificá-los. O motivo é que sempre procuramos uma saída humana. Em Jesus, está a solução de todos os nossos problemas. De Deus, vem a luz, a sabedoria e a inteligência que precisamos para lidar com qualquer situação”, afirmou.

“Depois de receber os dons de Deus, temos autoridade para vencer as crises.  Autoridade é diferente de tentativa. Autoridade é convicção. Encare os problemas de frente, porque o Senhor vai te capacitar!”, concluiu.

Dê um upgrade na sua carreira

Todas as segundas-feiras, a partir das 20 horas, a Igreja Renascer realiza as reuniões da AREPE (Associação de Renascer de Empresários e Profissionais Evangélicos).

O culto é direcionado para empresários, profissionais liberais e para pessoas que precisam de restauração e um direcionamento na área profissional.

No Renascer Hall, sede internacional da Renascer em Cristo, em São Paulo, as palestras são ministradas pelo Apóstolo Estevam Hernandes.

Serviço:
Culto da AREPE
Horário: 20 horas
Local: Todas as Igrejas Renascer em Cristo
Endereço da sede internacional: Rua Dr. Almeida Lima, 1.290 – Mooca

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Faça uma aliança com a vida e persevere!


2 Timóteo 2.1 a 13: “Tu, pois, filho meu, fortifica-te na graça que está em Cristo Jesus. E o que de minha parte ouviste através de muitas testemunhas, isso mesmo transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros. Participa dos meus sofrimentos como bom soldado de Cristo Jesus. Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou.

Igualmente, o atleta não é coroado se não lutar segundo as normas. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a participar dos frutos. Pondera o que acabo de dizer, porque o Senhor te dará compreensão em todas as coisas. Lembra-te de Jesus Cristo, ressuscitado de entre os mortos, descendente de Davi, segundo o meu evangelho; pelo qual estou sofrendo até algemas, como malfeitor; contudo, a palavra de Deus não está algemada.

Por esta razão, tudo suporto por causa dos eleitos, para que também eles obtenham a salvação que está em Cristo Jesus, com eterna glória. Fiel é esta palavra: Se já morremos com ele, também viveremos com ele; se perseveramos, também com ele reinaremos; se o negamos, ele, por sua vez, nos negará; se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo.”

Deste texto, surgiu um dos adesivos mais famosos do Brasil, que, há muitos anos, eu mandei confeccionar, com a frase: “Deus é fiel”.

Nesta Passagem, Paulo destaca princípios espirituais profundos.

Nós fomos chamados para agradar ao Senhor. Em Salmos 37.4, está escrito: “Agrada-te do Senhor, e Ele satisfará o desejo do seu coração.”.

Será que a sua vida tem agradado ao Senhor? Os seus comportamentos, os seus sentimentos e as suas palavras têm agradado a Deus? Ou será que você está com a vida completamente enrolada?

Paulo fala que nenhum soldado em serviço deve se envolver em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou. Jesus Cristo nos arregimentou.

Precisamos tomar cuidado para que o espírito de confusão não nos tire do plano que o Senhor tem para nossas vidas.

Lamentavelmente, muitas pessoas estão sendo roubadas e perdendo tempo. Estão perdendo tempo murmurando, lamentando-se e com conversas que não edificam.

A recomendação de Paulo, em primeiro lugar, é: “Libere sua vida! Permita-se ser conduzido para o centro da vontade de Deus!”.

Em segundo lugar, ele fala para não agirmos como mortos-vivos e para lembrarmos de Jesus Cristo, porque Ele ressuscitou.

João 10.10: “O ladrão vem somente para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”

Será que você tem conseguido passar pelo dia mau com essa certeza? Se você não tem conseguido nem manter o bom humor, acho, sinceramente, muito difícil você conseguir manter a fé.

Lucas 18.8: “Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça. Contudo, quando vier o Filho do Homem, achará, porventura, fé na terra?”

Faça uma aliança com a vida. Seja determinado e convicto! Se você receber alguma tarefa, faça-a da melhor maneira possível.

Nós não podemos andar como mortos-vivos, porque servimos ao Cristo ressurreto!

Em terceiro lugar, Paulo aconselha: “Persevere!”

Se perseverarmos, em Cristo, também com Ele reinaremos! Persevere em todas as situações, ou seja, no dia bom e no dia mau!

Seja perseverante em suas convicções. Paulo fala que, se nós negarmos a Cristo, Ele também nos negará! Isso é muito sério. Você pode falar aos quatro ventos que ama Jesus, mas pode estar negando-o com suas atitudes.

Está na hora de fazer uma autoavaliação, está na hora de você rever seus conceitos e mudar de atitudes.

Salmo 101.6: “Os meus olhos procurarão os fiéis da terra, para que habitem comigo; o que anda em reto caminho, esse me servirá.”

A sua infidelidade não muda o Senhor, mas pode te colocar em um caminho de morte e destruição. As consequências podem ser desastrosas.


Caminhe em retidão sabendo que aquele que começou a boa obra em sua vida é fiel e justo para completá-la.  Os homens podem mudar, as circunstancias podem mudar, mas Deus continua o mesmo!

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

O seu lugar é na luz!

Nesta quinta-feira (21), aconteceu o encerramento do “Jejum da Vergonha de Satanás”, nas igrejas Renascer em Cristo. O culto realizado no Renascer Hall, sede internacional do ministério, foi transmitido para todo o país, através da Rede Gospel de Televisão e da Rádio Gospel FM, e para os quatro cantos do mundo, por meio do canal oficial da igreja no YouTube.


Depois do louvor do Renascer Praise, Apóstolo Estevam Hernandes leu a passagem bíblica de Marcos 5.1 a 20 e ministrou com base no tema “A Vergonha de Gadara”.

“Jesus estava estendendo a pregação do evangelho além dos limites judeus. Ele sai de Cafarnaum – sua base ministerial – e vai para Gadara, uma das dez cidades que formavam a antiga Decápolis, onde a idolatria imperva. Apesar de aquela cidade ser vizinha dos judeus, seus habitantes não adotaram seus costumes, eram pagãos. Por isso, eles criavam porcos – animais imundos para os judeus –”, contextualizou.

“Ali, Jesus envergonha Satanás e expulsa a legião de demônios que estava assolando, perturbando e oprimindo um jovem e os manda para uma manada de porcos que ali estava. Depois de liberto, aquele rapaz começou a compartilhar a experiência que teve com os maradores daquela região”, destacou.

“Jesus chegou em Gadara para envergonhar e frustrar o plano de destruição de Satanás”, acrescentou.

Na sequência, o Apóstolo afirmou que:


1º Jesus vai trazer uma grande libertação para aquelas situações humanamente impossíveis de serem resolvidas (João 8.32 e 36)

“Deus vai te libertar de todas as cadeias e prisões infernais”, disse.

“Satanás só respeita a autoridade que está acima dele. Ele não respeita a autoridade daqueles que fazem parte do mundo que ele domina. Ele só respeita os joelhos que não se dobraram a ele. Satanás só respeita a autoridade de Jesus Cristo, de quem nós somos propriedade exclusiva”, conscientizou.

2º Precisamos ficar atentos para não cair nas artimanhas de Satanás (Marcos 5.6, 2 Coríntios 11.14 e 15 e 1 João 4.4)

“Guarde o teu coração. Tenha uma vida de oração e vigie, para que Satanás não alcance vantagem sobre você!”, aconselhou.

3º Satanás é um espírito imundo que habita na sujeira (Mateus 12.43, Colossenses 1.12 e 13 e Romanos 5.20)

“Você é purificado, lavado e remido pelo sangue do Cordeiro! O seu lugar é na luz!”, concluiu.

Redação iGospel

Fotos: Fellipe Pupo

Quais são suas raízes?


João 15.1 a 5: “Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda. Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado; permanecei em mim, e eu permanecerei em vós.

Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.”

Esta passagem mostra o momento em que Jesus estava pregando para uma multidão e para os seus discípulos. Ele estava reportando uma palavra profética de Isaías e afirmou: “Eu sou a videira verdadeira, e meu pai é o agricultor!”.

O que Jesus estava querendo dizer? Que, como uma árvore, nós precisamos estar enraizados, ligados a algo, para garantir nossa sobrevivência.

Você pode ter galhos frutíferos e floridos, mas, se cortá-los, eles deixarão de receber os nutrientes da raiz e, consequentemente, vão secar e morrer.

Em Tiago 1.16, está escrito que aquele que não tem fé é como um morto sem espírito. É como a pessoa que está um caixão, com o corpo intacto, mas sem fôlego de vida.  

Pode parecer chocante, mas é isso que ocorre quando achamos que podemos viver sem Deus, sem Suas bênçãos, sem Suas palavras e quando achamos que podemos estar desconectados de Cristo e de Sua igreja.

Jesus disse: “Pedro, tu és pedra. Sobre ti, edificarei a minha igreja, contra a qual as portas do inferno não prevalecerão.”. Cristo deixou bem claro qual é a autoridade de Sua igreja! Se eu estou fora dela e desconectado de Cristo, sou como um galho que secará com o tempo.

Sem cobertura, ficamos desorientados. O apóstolo Paulo fala que nós devemos honrar os nossos guias. Na Palavra, está escrito que Deus constitui autoridades espirituais.

Se eu ignoro esse principio, eu fico desprotegido e sem nutrientes, porque Jesus é a raiz de Jessé, e Ele instituiu a igreja!

Jesus é a raiz que nos dá vida, que nos faz florir e dar frutos. Cristo diz que precisamos estar ligados a Ele. Precisamos fazer com que nossas vidas saiam da material!

Tome uma atitude! Quebre este distanciamento que você criou do Senhor Jesus, abandone as heresias e todas as palavras contrárias à vontade de Deus.

Com base nesta palavra, eu quero desacatar três pontos importantes:

Em primeiro lugar: Estando na videira, o Senhor vai te limpar, te podar, tirar as folhas e os galhos secos, para que você produza mais frutos.

Em segundo lugar: Estando na videira, Você recebe do Senhor autoridade para crescer.

A tua vida tem sido infrutífera? Você é uma pessoa estéril? Conectado a Jesus, você dará frutos e será conhecido por eles. Em vez de ser uma árvore seca no deserto, você será uma árvore plantada junto ao ribeiro de águas e dará frutos na estação própria.

Em terceiro lugar: Sem o Senhor, nada podemos fazer .

Sem Cristo, o máximo que pode acontecer é você ser como aquela figueira sem frutos (Mateus 12. 33 a 36). Você pode ter uma boa aparência, você pode parecer feliz, mas, no seu interior, só haverá morte. Só em Cristo, nós temos vida, e vida em abundância.

Abra seu coração, ligue-se a Jesus! Se você está afastado dos caminhos do Senhor, volte! Procure a igreja mais próxima de você! Na casa do Pai, há amor, esperança, renovo e perdão!

Se você está perdido, precisando de um amigo e está em uma busca espiritual incessante, saiba que Jesus é o caminho, a verdade e a vida!

Se você pensa que é tarde demais, porque você esteve perdido por muitos anos e não tem mais perspectivas, venha encontrar um sentido para a vida!

Em Cristo, nós temos cura, libertação e vida eterna!

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Estamos, mas não somos!


2 Timóteo 3.1 a 9: “Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. Foge também destes.

Pois entre estes se encontram os que penetram sorrateiramente nas casas e conseguem cativar mulherinhas sobrecarregadas de pecados, conduzidas de várias paixões, que aprendem sempre e jamais podem chegar ao conhecimento da verdade. E, do modo por que Janes e Jambres resistiram a Moisés, também estes resistem à verdade. São homens de todo corrompidos na mente, réprobos quanto à fé; eles, todavia, não irão avante; porque a sua insensatez será a todos evidente, como também aconteceu com a daqueles.”

Apesar de ser um alerta, esta Palavra, infelizmente, tem sido ignorada por muitos.

Paulo teve uma revelação de Deus sobre os últimos tempos. Eu acredito que é uma revelação referente aos dias que estamos vivendo. Ele lista 19 características que são peculiares à personalidade do ser humano.

Com base nesta passagem, eu te pergunto: Paulo errou em alguma coisa? Não é assim que os homens são hoje?

Para que estas características destruidoras não se manifestem em nossas vidas, nós precisamos:

Em primeiro lugar: Vigiar e orar!

Ore e lute, com todas as suas forças, contra estas malignidades. Ore e lute para que você não seja envolvido. Lembre-se de que é uma questão de escolha!

João 3.6: “O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito.”

1 João 5.18: “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca.”

Se você tem algumas das caraterísticas que Paulo citou, limpe-se!

Em segundo lugar: Examine-se

Em todos estes anos de ministério, o que eu mais vejo, quando abordamos questões espirituais profundas, são pessoas dizendo: “Olha, que pena que fulano não está aqui, porque ele está precisando, e muito, ouvir esta palavra.”. E eu sempre pergunto: “E você? Não está precisando também?”.

Examine-se! Como você tem tratado sua esposa? Como você tem tratado seus filhos? Como você tem tratado seus colegas de trabalho? Como você tem tratado as pessoas da igreja? Como você tem se tratado?

Se você não tem domínio, é cruel, jactante, orgulhoso... o mais prejudicado é você mesmo!

Em 1 Coríntios 11.28, está escrito: “Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e, assim, coma do pão, e beba do cálice...”.

Examinar-se significa assumir uma consciência! E, se hoje, você tem consciência de uma destas características na sua vida. Limpe-se!

João 15.2: “Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda.”

Querido, não dá mais para você continuar desta forma! Não dá mais para você ser a mesma pessoa que foi ontem. Busque ser melhor. Deixe a Bíblia de instruir.

Em terceiro lugar: Livre-se do que pode te destruir!

Livre-se do espírito de Coré – aquele que se rebelou contra Moisés –, livre-se das línguas venenosas!

Paulo nos alerta sobre as pessoas que agem sorrateiramente, pois são desleais, são como um câncer que se espelha e destroem vidas, famílias, ministérios...

Não deixe que esta contaminação entre na sua casa! Afaste-se dos maledicentes! São pessoas que têm a mante fechada em relação à fé. Pessoas assim são como Janes e Jambres, que resistiram a Moisés e à verdade.

Querido, em nome de Jesus, quebre todo o mal da sua vida. Limpe-se do sangue do Cordeiro.

Em vez destas características malignas que foram citadas no início do nosso estudo, busque ter o fruto do Espírito Santo e seja guiado por Ele. 

Lembre-se de que estamos no mundo, mas o mundo não está em nós! 

Gálatas 5.22 e 23: “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.”

Se você não tem controle emocional, se você abandonou a fé porque foi tomado por este mal invisível, volte para os caminhos do Senhor. Ele está te chamando para viver um novo tempo!