terça-feira, 31 de janeiro de 2017

De um jovem aprendiz para um grande conquistador!


Josué 1.1 a 9: “Depois da morte de Moisés, servo do Senhor, falou o Senhor a Josué, filho de Num, servidor de Moisés, dizendo: Moisés, meu servo, é morto; levanta-te pois agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que eu dou aos filhos de Israel. Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo dei, como eu disse a Moisés. Desde o deserto e este Líbano, até o grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o poente do sol, será o vosso termo.

Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida. Como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei. Esforça-te, e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria. Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, cuidando de fazer conforme toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; não te desvies dela, nem para a direita nem para a esquerda, a fim de que sejas bem sucedido por onde quer que andares.

Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não te atemorizes, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus está contigo, por onde quer que andares.”

Esta é a palavra do Senhor direcionada a um jovem chamado Josué. Ele estava em um momento de transição, insegurança e de incertezas. Ele tinha que enfrentar situações difíceis sem seu apoio, que era Moisés.

Assim é a caminhada de um servo de Deus: cheia de desafios!

De repente, Josué se viu como um líder, mas, no seu interior, já havia uma constituição.

Talvez, ao olhar esta provação, você pense: “Eu não estou preparado!”. Isso ocorre quando você coloca suas deformações no lugar da bênção. Enxergue, com os olhos da fé, e caminhe de acordo com o direcionamento do Senhor.

Neste texto, nós vemos que Deus encorajou Josué, quando disse:

Em primeiro lugar: “Sê forte e corajoso!”

Ser forte é ter estrutura espiritual, é ter força interior, é não se entregar às investidas do inimigo, é ser inabalável!

2 Coríntios 12.10: “Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando sou fraco, então, é que sou forte.”

Deus não te fez fraco! Por isso, assuma este desafio! Aquele te enviou também te conduzirá em triunfo.

Em segundo lugar: “Ninguém poderá te resistir todos os dias da sua vida! Assim como fui com Moisés, serei contigo”

Hebreus 13.8: “Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre.”

1 Coríntios 10.1 a 4: “Ora, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais estiveram todos sob a nuvem, e todos passaram pelo mar, tendo sido todos batizados, assim na nuvem como no mar, com respeito a Moisés. Todos eles comeram de um só manjar espiritual e beberam da mesma fonte espiritual; porque bebiam de uma pedra espiritual que os seguia. E a pedra era Cristo.”

Em terceiro lugar: “Eu estou te enviando...”

-Para ser vencedor

Romanos 8.37: “Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.”

-Para ser um conquistador

-Para ter sucesso

Josué tinha começado o dia triste, mas, depois daquela palavra, ele se reanimou no Senhor. Seu comportamento já não era mais o mesmo.

Quando ele se apresentou, o povo não viu um Josué inseguro, mas um homem cheio de ousadia e disposição.

Esta dívida, esta decepção, esta incompreensão em relação às lutas que você tem vivido não são mais fortes do que o envio.

Encha-se do espírito, mude de comportamento, porque Deus tem para você uma jornada de vitórias, como também teve para Josué!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Como se tornar um profissional competente?


Competência é aptidão para cumprir alguma tarefa ou função. No mundo dos negócios, é um elemento de diferenciação. Quem não busca se aperfeiçoar corre sérios riscos de sucumbir profissionalmente.

Em entrevista ao portal iGospel, a coaching da Microsofit, Juliana Nogueira, afirmou que existem cinco características e atitudes que tornam qualquer profissional incompetente. Veja a seguir:

Atrasos:


Atrasos podem acontecer, principalmente com o trânsito caótico das cidades grandes. Alguns imprevistos também podem ocorrer (ônibus quebrado, pneu furado, um assalto...). Mas chegar atrasado todos os dias ou mais de uma vez na semana é sinal de irresponsabilidade com a empresa que você trabalha. Sem contar que é uma questão de falta de organização do tempo. Pontualidade é o mínimo que se espera de um bom profissional.

Falta de responsabilidade:


Quando você assumir uma responsabilidade, busque cumpri-la no prazo estipulado. Se você já sabe que não terá tempo hábil ou condições de realizar a tarefa proposta, nem assuma, pois pior do que não se comprometer é frustrar as expectativas ao seu respeito. Lembre-se: a equipe e o seu chefe também dependem do seu trabalho.

Culpar os outros colegas de trabalho:


Profissional incompetente é aquele que, na primeira oportunidade, culpa os outros colegas de trabalho pelo seu fracasso. Um bom profissional não dá justificativas, mas assume seus próprios erros.

Apropriar-se dos resultados alheios:


O profissional incompetente nunca busca evoluir pelos seus próprios méritos. Ao ver que não consegue uma posição boa da empresa, faz de tudo para subir às custas dos outros colegas, puxando o saco do chefe ou, até mesmo, o tapete dos companheiros de trabalho. Sabe a expressão ‘fazer bonito com o chapéu alheio?’. Ela se encaixa perfeitamente com este tipo de profissional.

Mentir:


Haja o que houver, a verdade sempre é a melhor alternativa. O pior tipo de profissional é aquele que mente até as últimas consequências, ou seja, mesmo que haja testemunhas e provas contra ele. Pessoas assim só perdem a credibilidade no ambiente de trabalho.

Na contramão do mundo:


Com base na passagem bíblica de Êxodo 31: 1 a 6, Apóstolo Estevam Hernandes abordou o assunto em uma de suas palestras e destacou a capacitação que vem através da nossa comunhão com Deus.

“Deus tinha designado uma grande obra para Moisés. Esta obra era a construção do tabernáculo. O tabernáculo tinha detalhes fantásticos, que só poderiam ser realizados por pessoas hábeis e capacitadas. Em Israel, não havia ninguém com este perfil. Eles eram um povo de origem nômade. Eles trabalhavam com agricultura, e tinham outros tipos de aptidões”, relatou.

“Das tribos de Judá e de Dã, Deus chamou dois homens diferenciados, Aoliabe e Bezalei, e deu-lhes uma capacidade sobrenatural. Em algumas traduções, está escrito que eles foram chamados para 'serem competentes para realizar a obra”, afirmou.

“Deus precisava de pessoas competentes. Assim como o mercado, que está em crise, precisa de pessoas competentes. A competência não é somente fruto do estudo, da preparação, de um esforço pessoal, mas também é uma capacitação divina em nossas vidas”, ressaltou.

O líder da igreja Renascer explicou que o caminho em direção à competência profissional passa pela excelência. “Ser excelente é fazer além do que os outros fazem, é ser um diferencial”, disse.

“Muitas vezes, somos tomados por alguns sentimentos paralisantes, que fazem com que não ocupemos o nosso lugar, porque, inconscientemente, somos levados a ficar escravos da incompetência, do comodismo e da autolimitação. Precisamos buscar sabedoria e capacitação para prosperamos em nossa vida profissional”, conscientizou.

Ele também relembrou que a capacitação é a adquirida por meio da unção e a sabedoria, através da fé: “Em 1 João 2: 27, está escrito que a unção nos ensina todas as coisas. Em Tiago 1: 5, está escrito que quem precisa de sabedoria deve pedi-la a Deus, que a todos dá liberalmente.”.

“O principio da sabedoria é a constatação de que eu preciso melhorar. Precisamos sair desta situação de conforto e estabelecer novos padrões e nossas vidas. Quebre todas as barreiras e tire todos os pensamentos de incapacidade”, acrescentou.

Na sequência, ele deixou quatro conselhos para as pessoas que querem ter a marca da competência em suas vidas. Confira a seguir:

1º Desenvolva e aprenda a fazer todas as coisas com o máximo de suas forças (Eclesiastes 9: 10, Josué 1:8)


“Sabe por que muitas coisas não estão dando certo na sua vida? Porque você não faz as coisas com todas as suas forças e todas as suas energias. Em vez de vir com uma série de desculpas, venha com uma série de soluções. Faça além do que é pedido. Faça além dos limites! Só tem sucesso que é forte”, afirmou.

Apóstolo Estavam citou três tipos de forças que devemos buscar:

-Força mental, estrutura psicológica (1 Coríntios 2: 16)
-Força física
-Força espiritual (Tiago 4:7)

2º Quebre todos os estigmas de incompetência que são desculpas e fugas que você tem buscado (Mateus 23: 1 a 4 e Salmo 103)


“Todos os fracassos e insucessos vão servir apenas como experiência do que você não deve mais fazer na sua vida. Comece a enxergar na expectativa do novo! E, no novo, você agirá de maneira diferente”, disse.

3º Assuma os desafios


“O dom se estabelece na hora do desafio. É a oportunidade perfeita para mostrar sua competência. Receba e desenvolva o dom que há em ti”, afirmou.

4º Peça a Deus capacitação espiritual (2 Crônicas 1: 8 a 13)


“Salomão não pediu riquezas, mas pediu sabedoria e conhecimento para ser rei do povo. Todas as conquistas foram consequência. Antes de fazer qualquer coisa, coloque-se na presença de Deus. Peça sabedoria, peça capacitação, disponha-se e trilhe o caminho da excelência”, concluiu.

Dê um upgrade na sua carreira

Todas as segundas-feiras, a partir das 20 horas, a Igreja Renascer realiza as reuniões da AREPE (Associação de Renascer de Empresários e Profissionais Evangélicos).

O culto é direcionado para empresários, profissionais liberais e para pessoas que precisam de restauração e um direcionamento na área profissional.

No Renascer Hall, sede internacional da Renascer em Cristo, em São Paulo, as palestras são ministradas pelo Apóstolo Estevam Hernandes.



Redação iGospel

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Quando nos deparamos com situações inesperadas


Atos 28.1 a 6: “Uma vez em terra, verificamos que a ilha se chamava Malta. Os bárbaros trataram-nos com singular humanidade, porque, acendendo uma fogueira, acolheram-nos a todos por causa da chuva que caía e por causa do frio. Tendo Paulo ajuntado e atirado à fogueira um feixe de gravetos, uma víbora, fugindo do calor, prendeu-se-lhe à mão.

Quando os bárbaros viram a víbora pendente da mão dele, disseram uns aos outros: Certamente, este homem é assassino, porque, salvo do mar, a Justiça não o deixa viver. Porém ele, sacudindo o réptil no fogo, não sofreu mal nenhum; mas eles esperavam que ele viesse a inchar ou a cair morto de repente. Mas, depois de muito esperar, vendo que nenhum mal lhe sucedia, mudando de parecer, diziam ser ele um deus.”

Paulo conquistou, perante o rei Agripa, o direito de ir para Roma. Para chegar ao local, ele teve que passar pelo mar Adriático.

Durante a viagem, ele se deparou com um Euro-Aquilão, um vento muito forte, mas, ele permaneceu inabalável. O motivo? Ele sabia que Deus estava no controle.

Com base nesta experiência de Paulo, eu gostaria de destacar alguns pontos importantes:

Em primeiro lugar, Paulo não desfaleceu, porque sabia que tinha um destino!

Deus deixou uma palavra: “Ninguém vai se perder!”.

Muitas vezes, na nossa caminhada, nos deparamos com tufões e muitas adversidades. Não tenha medo, porque Deus vai te fazer chegar ao destino que Ele determinou.

Em segundo lugar, eles chegaram z Malta. Ali, habitavam os Bárbaros, um povo sem civilização.

De repente, Paulo teve um baque: uma serpente deu uma mordida em sua mão. As pessoas acharam que ele não aguentaria.

Em terceiro lugar, todo mundo estava esperando o pior, mas Paulo, mais uma vez, demonstrou serenidade

Os caminhos de Deus são maiores que o nosso! O Senhor já havia determinado um livramento.

Pegue os julgamentos e aquilo que te picou: sacuda a mão e larga isso!

Paulo foi curado e deixou todos impressionados. As pessoas achavam que ele era um deus. Ele, inclusive, foi chamado para tratar da enfermidade do dono daquela ilha.

Aquilo significa honra de Deus!

Querido, se você está passando pelo dia da crise, da perda, do abandono, da traição... saiba que o Senhor não permitirá que você seja destruído!  Ele tem um grande livramento!

Ele vai te livrar do veneno da serpente!
Ele vai te livrar das aflições!
Ele vai te levar para o destino determinado!


quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Os inimigos da cruz!


Filipenses 3.17 a 21: “Irmãos, sede imitadores meus e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nós. Pois muitos andam entre nós, dos quais, repetidas vezes, eu vos dizia e, agora, vos digo, até chorando, que são inimigos da cruz de Cristo.

O destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está na sua infâmia, visto que só se preocupam com as coisas terrenas. Pois a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo de sua glória, segundo a eficácia do poder que Ele tem de até subordinar a si todas as coisas.”

Este foi um direcionamento que o Apóstolo Paulo deixou à igreja de Filipos e aos filipenses. Na carta, em primeiro lugar, ele diz: “Ande segundo o nosso modelo, o modelo apostólico!”. Sabe qual é o modelo apostólico? É ter integridade, santidade, uma relação profunda com Deus e um coração impregnado do amor de Cristo.

Há muitos, no meio de nós, que se levantam contra o mover apostólico. Sabe como Paulo os nomeou? De inimigos da cruz, porque eles invalidam o sacrifício de Jesus, não aceitam a salvação e estão limitados às questões terrenas!

Tome cuidado! Porque os inimigos da cruz desprezam os valores espirituais, não se relacionam com o Espírito Santo e só buscam valores materiais. A mente destas pessoas está cauterizada. Os inimigos da cruz são os opositores da salvação!

Mais importante do que viver um milagre, ou receber uma bênção, é ter um relacionamento profundo com Deus!

Hoje, eu quero te perguntar: Qual é o padrão que você está seguindo? O que você tem imitado?

Você está imitando o viver de Cristo? Você pode afirmar “Não vivo eu, mas Cristo vive em mim”? Ou você está conectado aos valores deste mundo?

As coisas terrenas são efêmeras e passageiras. Hoje, você tem! Amanhã, não! Hoje, você pode estar vivendo em um belo palácio e, amanhã, não ter onde morar.

Aqueles que são inimigos da cruz têm como deus o seu próprio ventre; o seu bem estar está acima de tudo e de todos!

Fuja de quem é assim! Lembre-se de que sua pátria é celestial! Tenha a visão da eternidade. Tenha consciência de que você é nova criatura, e que nós passaremos por essa terra e enfrentaremos a morte!

Se nós vivermos de forma inconsequente, achando que somos imortais e que a eternidade não é importante, consequentemente, estamos afirmando que a nossa pátria é aqui.

Segundo ponto importante: Ao fazer esta alusão, Paulo quer dizer que é como se nós tivéssemos ligados ao mundo para sempre, pois temos nossa cidadania carnal, mas ignoramos nossa cidadania espiritual!

A tua pátria é espiritual, valorize sua salvação, valorize a eternidade! Satanás quer destruir nossas vidas e nos afastar do Deus vivo! Lembre-se: É na nossa caminhada terrena que definimos onde vamos passar a eternidade.

Hebreus 3.12: “Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo.”

Não há nada melhor do que ter uma perspectiva de futuro com Cristo! Isso fortalece nossa fé!

Tenha consciência de que tudo será subordinado a Jesus! A sujeição das coisas espirituais foram entregues a Ele, por meio de sua vitória na cruz do Calvário, e também através de sua vitória contra Satanás – que precisava ser vencido por um homem, porque ele veio para derrubar o homem.

Jesus tem o poder de subordinar a si todas as coisas! A enfermidade que você está passando, o problema financeiro que você está enfrentando, as tuas desilusões, as tuas inseguranças, o teu medo, a falta de paz, as ameaças e as condenações que o inimigo tem imposto em sua vida estão sujeitas a Ele.

Em Cristo, somos mais que vencedores! Não tenha mais medo! Ande de acordo com essa perspectiva! Deixe que o poder da Palavra de Deus e a tua relação verdadeira com Ele, segundo o modelo apostólico, possam determinar sua caminhada. A caminhada daquele que não está associado com as coisas terrenas, daquele que tem a pátria nos céus e daquele que tem a certeza de que todas as coisas estão subordinadas a Cristo, para que a eficácia do Seu poder possa se manifestar com sinais, prodígios e maravilhas!

Todos os sentimentos e situações que estavam te derrubando estão subordinados à autoridade de Deus. Confie n'Ele! Não se oponha à obra que Ele tem para realizar! 

Confie, porque você terá uma vida abundante, aqui na terra, e a certeza da eternidade, com o nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo! 

Apóstolo Estevam e banda Inesquecível agitam Festa dos Anos 60

A Renascer Arena recebeu na noite do feriado comemorativo do aniversário da cidade de São Paulo, a segunda edição do “Jantar dos Anos 60”, com música e cenografia especiais, de acordo com a temática da década.


No decorrer do evento, que reuniu centenas de pessoas e foi promovido pela Igreja Renascer em Cristo, o antigo Ginásio da Portuguesa virou uma pista de dança, onde os participantes puderem relembrar os sucessos da época. Apóstolo Estevam e Bispa Sonia também entraram no clima da festa.
  
“É muito bom ter momentos assim, momentos de comunhão, de celebração, de festa, de reunir a família, ainda mais no feriado do aniversário de 463 anos de São Paulo, nossa cidade amada”, afirmou o Apóstolo.


Um dos pontos altos da noite foi a apresentação da banda Inesquecível, que embalou a noite com os clássicos do rock cristão nacional.
  
A Cia. Praise de Dança também agitou o jantar com suas coreografias.

Confira, a seguir, as fotos do evento: 
















Redação iGospel 
Fotos: Fellipe Pupo e Sarah Brito

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Instabilidade pessoal


Isaías 6.1 a 8: “No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo. Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas: com duas cobria o rosto, com duas cobria os pés e com duas voava. E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória.

As bases do limiar se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça. Então, disse eu: Ai de mim! Estou perdido! Porque sou um homem de lábios impuros, habito no meio de um povo de impuros lábios, e os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos! Então, um dos serafins voou para mim, trazendo na mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz; com a brasa tocou a minha boca e disse: Eis que ela tocou os seus teus lábios; a tua iniquidade foi tirada, e perdoado, o teu pecado. Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei e quem há de ir por vós? Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim."

Aqui, podemos acompanhar a experiência impactante que Isaías viveu. Ele começa a descrição do livro, mostrando sua imaturidade, afirmando que era apenas um menino na fé.

Isaías fez essa declaração, justamente, quando o rei Uzias havia falecido. Na verdade, ele era uma pessoa psicologicamente e emocionalmente dependente do rei. Consequentemente, Isaías não tinha vida própria, não se desenvolvia em nada e estava com o ministério achatado.

Quando alguém tem um chamado e o rejeita, a vida dele fica sem sentido. Quando alguém quebra uma aliança com Deus, entra em maldição, porque está quebrando um voto que fez diante do Senhor.

Isaías precisava, assim como nós precisamos:

Em primeiro lugar, amadurecer!

Isaías precisava ter uma experiência que o deixasse maduro. Você está passando por muitas lutas, porque você está vivendo uma instabilidade pessoal. Essa instabilidade, na verdade, é aquilo que você tem produzido, o caminho que você tem trilhado e a maneira como você tem se comportado.

Você precisa amadurecer. Deus permite as provações com o objetivo de nos fortalecer, nos corrigir e nos preparar para coisas superiores.

Em segundo lugar, passar por uma experiência curadora

Ele não podia ocupar aquela posição, porque se sentia indigno. Isaías sentia sobre sua vida o peso do pecado, da acusação e da condenação que vinha do seu passado. Ao ver a glória de Deus, ele expressou essa condição. Isaías, inclusive, achou que iria morrer, porque Deus mostrou Sua glória para ele.

É claro que nós, humanamente, não somos dignos, mas, pelo sangue do cordeiro, nos tornamos dignos. Quando não temos essa consciência, acabamos entrando em uma armadilha.

Você nunca estará pronto para caminhar com Deus e para ver Sua Glória enquanto estiver escondido atrás desta condição de indignidade. Isso não passa de uma fuga!

O Senhor enviou o anjo e tocou os lábios de Isaías com a brasa viva que ele tirou do altar de Deus com uma tenaz. Aquele momento foi um divisor de águas, em que ele amadurece, entende seu chamado e responde a Deus o que era esperado.

Isaías, até então, havia agido como uma criança, havia se acovardado e não havia assumido seu ministério. Até aquele momento, a vida dele era cercada de incertezas, porque não estava conectado ao centro da vontade de Deus. 

Em terceiro lugar, estar disposto a viver a vontade do Senhor

Quando Isaías se entregou à vontade de Deus, todas as coisas começam a fazer sentido. Ele, então, entendeu que a prioridade de sua vida era o chamado. Deus é a nossa prioridade! Ele está acima de tudo e de todos!

Eu posso deixar casa, carro, pai, mãe... todas as coisas por amor ao Senhor e, com liberdade, dizer: “Eis-me aqui, envia-me a mim!”.

A expectativa que o Senhor tem ao seu respeito é que você viva essa transformação! Que, de uma pessoa problemática, insegura e imatura, você se transforme em um profeta, um grande homem de Deus, cheio de autoridade contra as adversidades.

Que você, em nome de Jesus, seja tocado pelo Senhor, para ter uma experiência poderosa! Que Ele te levante para viver um novo tempo. Que você não seja mais manipulado pelos seus sentimentos, mas seja dirigido pelo Espírito Santo de Deus.

Hoje, com toda a sinceridade do seu coração, declare: “Senhor, eis-me aqui, envia-me a mim. Sem reservas e sem limites, minha vida está em tuas mãos!”. Assim, o Senhor te fará um vaso novo, vai te moldar e te mostrar um grande e excelente caminho. Você encontrará moradas de paz e a verdadeira felicidade.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Enfrentando as tempestades profissionais sem medo


O cenário atual do mercado de trabalho é ameaçador e amedrontador. No Brasil, existem mais de 12 milhões de pessoas desempregadas. Para não ser consumido pela crise e se manter empregado, a gerente de compliance da Microsoft, Juliana Nogueira, explica que o medo pode ser o pior aliado. 

“O medo é uma característica muito séria na vida do profissional. Com o medo, você perde a capacidade de tomar decisões – seja elas positivas ou negativas –. No ambiente corporativo, existem momentos em que temos que arriscar!”, afirmou ela.

Confira, a seguir, algumas dicas fundamentais para você se manter otimista e confiante:

Cumpra com os seus deveres:


“Quando você assumir uma responsabilidade, busque cumpri-la. Mesmo que você tenha medo dela, confie no que você sabe, e, principalmente, acredite em sua capacidade e competência. Às vezes, você possui boas ideias, mas o medo de se expor e de arriscar é tão grande, que você perde grandes oportunidades de decolar profissionalmente”, alerta Juliana.

Assuma seus erros:


“Quando algo der errado, não tenha medo de assumir seus erros. Não culpe seus colegas ou as circunstâncias. Mostre que você é responsável e capaz de resolver problemas”, aconselhou ela.

Seja mais participativo:


“Não seja anulado. Exponha suas opiniões e ideais. E, acima de tudo, tire todas as dúvidas que tiver, para que elas não venham a ser uma pedra de tropeço”, destacou a especialista. 

Na contramão do mundo


Com base na passagem bíblica de 2 Samuel  24.18 a 28, Apóstolo Estevam Hernandes abordou o assunto em uma de suas palestras e deixou um alerta: “O medo é sinal de falta de experiências com Deus”.

“Davi estava em uma posição de destaque, pois ele se mantinha invicto em suas guerras. Mas, certo dia, ele cometeu um grande erro. Ele, então, se deixa dominar pelo medo. Deixou de confiar no Deus que o havia ungido e constituído”, introduziu.

“Ao agir desta forma, houve uma praga terrível contra Israel. Foi uma calamidade terrível. Ninguém sabia o motivo, mas Davi sabia. Ele, então, constrói um altar a Deus no lugar mais alto da terra e oferece uma oferta de sacrifício e arrependimento”, acrescentou.

Na sequência, o líder da Igreja Renascer em Cristo deixou três conselhos. Acompanhe abaixo:

1º Confie no Senhor e em seus profetas


2 Crônicas 20.20: “Credes no Senhor, e estareis seguros; crede em seus profetas, e prosperareis”

 2º Não deixe que a insegurança molde sua personalidade


1 Samuel 30.4 a 6: “Então, Davi e o povo que se achava com ele ergueram a voz e choraram, até não terem mais forças para chorar. Também as duas mulheres de Davi foram levadas cativas: Ainoã, a jezreelita, e Abigail, a viúva de Nabal, o carmelita. Davi muito se angustiou, pois o povo falava de apedrejá-lo, porque todos estavam em amargura, cada um por causa de seus filhos e de suas filhas; porém Davi se reanimou no SENHOR, seu Deus”.

3º Assuma os desafios sem medo


“O dom se estabelece na hora do desafio. É a oportunidade perfeita para mostrar sua competência. Receba e desenvolva o dom que há em ti. Não tenha medo, faça o que tiver que ser feito, pois Deus nunca te abandonará, e você terá sempre experiências com Ele”, concluiu.

Dê um upgrade na sua carreira

Todas as segundas-feiras, a partir das 20 horas, a Igreja Renascer realiza as reuniões da AREPE (Associação de Renascer de Empresários e Profissionais Evangélicos).

O culto é direcionado para empresários, profissionais liberais e para pessoas que precisam de restauração e um direcionamento na área profissional.

No Renascer Hall, sede internacional da Renascer em Cristo, em São Paulo, as palestras são ministradas pelo Apóstolo Estevam Hernandes.


Redação iGospel


O milagre precisa nascer em nós primeiro!

Nesta sexta-feira (20), a Igreja Renascer em Cristo encerrou o “Jejum da Quebra da Esterilidade”. O culto realizado no Renascer Hall, sede internacional do ministério, foi transmitido para todo o país, através da Rede Gospel de Televisão e da Rádio Gospel FM, e para os quatro cantos do mundo, por meio do canal oficial da igreja no YouTube.



Depois do louvor do Renascer Praise, Apóstolo Estevam Hernandes leu a passagem bíblica de João 20.22 e ministrou com base no tema "A fertilidade que gera futuro". Confira, a seguir, o resumo:

“Os discípulos estavam na eminência de iniciar um novo tempo. Jesus já havia ressuscitado. Eles estavam reunidos no cenáculo, e Jesus vai à presença deles e sopra sobre eles. Naquela hora, eles precisavam daquele fôlego. Eles não precisavam do fôlego de vida, porque eles já o haviam recebido ao nascer. Eles precisavam de um fôlego para seguirem em frente”, introduziu.

“Da mesma forma aconteceu com Ana. Deus tinha para ela um fôlego. Ele tinha para Ana um sopro que tiraria dela a esterilidade. Todos aos anos, ela subia até Siló para clamar pelo seu milagre. Ela precisava de um fôlego para continuar. Ela estava desgastada. Existem situações que nos assolam tanto, que nos deixam desgastados. É necessário que nós recebamos uma palavra de poder. Uma palavra que entra no nosso interior, trazendo fôlego”, acrescentou.

Hoje, o Senhor tem um fôlego que te dará a esperança de um novo tempo, mas, para isso:



1- É necessário receber o poder de vida nas áreas inatingíveis do nosso interior (Hebreus 4.12)

“Ana precisava ser invadida para que, dentro dela, fosse criado um mover que geraria o milagre”, explicou.

“Na Bíblia, está escrito que Deus havia deixado Ana estéril. Por que isso aconteceu? Porque ela precisava ser liberta para gerar um dos maiores profetas da história. Para gerarmos o nosso milagre, precisamos estar limpos interiormente. Penina tinha a motivação errada. Ela queria ter filhos para provocar Ana. Quando Ana decidiu ter o filho para Deus, ou seja, teve a motivação correta, Deus a curou da esterilidade. Dentro do coração dela já estava definido: Eu vou gerar, mas este filho será do Senhor!”, conscientizou.

2- É necessário vencer as barreiras de uma rotina religiosa; é necessário crer (1 Coríntios 15.26 e 27)

“Para se materializar, o milagre precisa ser gerado dentro de nós primeiro. É necessário crer!”, disse.



3- É necessário, pela fé, ter o que é gerado pelo poder de Cristo em nós (1 Samuel 2.20)

“Antes de receber o milagre, seja feliz pela fé! Quem é incrédulo é estéril. Quem tem fé é fértil. Não deixe nada roubar a sua fé”, declarou.


Redação iGospel
Fotos: Bruno Bros

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Quatro bons motivos para não perder a esperança


Lamentações 3.21 a 33: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança. As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade.

A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto, esperarei nele. Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Bom é aguardar a salvação do SENHOR, e isso, em silêncio. Bom é para o homem suportar o jugo na sua mocidade.

Assente-se solitário e fique em silêncio; porquanto esse jugo Deus pôs sobre ele; ponha a boca no pó; talvez ainda haja esperança. Dê a face ao que o fere; farte-se de afronta. O Senhor não rejeitará para sempre; pois, ainda que entristeça a alguém, usará de compaixão segundo a grandeza das suas misericórdias; porque não aflige, nem entristece de bom grado os filhos dos homens”.

Estamos vivendo dias de confusão. A ansiedade tem tirado o sono das pessoas. Você, de repente, é atormentado por uma série de pensamentos e questionamentos: “O que será de mim amanhã?”, “Como vou enfrentar esta enfermidade?”, “Será que, neste mês, as contas vão fechar?”, “Será que meu marido vai voltar para casa?”, “Será que vou ser humilhado novamente no trabalho?”.

São pensamentos que, muitas vezes, nos fazem perder o chão. São pensamentos que nos fazem perder o foco. São pensamentos que, muitas vezes, nos fazem esquecer o que é essencial.

Nesta passagem, Jeremias nos ensina um grande segredo espiritual. Ele diz: “Eu vou trazer à memória o que me dá esperança!”.

Hoje, eu quero destacar quatro bons motivos para você não desistir e não perder a esperança:

Em primeiro lugar: O referencial do que Deus já realizou na tua vida no passado

Em Deus, não há sombra de variação! Ele fez, Ele faz, e Ele fará!

Hebreus 11.8: “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e eternamente!”

Em segundo lugar: O futuro!

Provérbios 23.18: “Porque deveras haverá bom futuro; não será frustrada a tua esperança.”

Este futuro não é uma previsão sem fundamentos, não é uma possibilidade, mas é o plano glorioso que o Senhor tem para a sua vida.

Em terceiro lugar: O fato de você estar debaixo das misericórdias do Senhor!

As misericórdias do Senhor se renovam diariamente.  A cada dia, Ele renova em nós a força, a capacidade e o seu amor, que cobre multidões de pecados.

O livro de Lamentações faz parte do Antigo Testamento. Mas eu também quero destacar a graça que veio através do sacrifício de Cristo.

Efésios 2.8: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.”

Não deixe mais o inimigo te acusar por causa dos erros do passado! O Senhor te perdoa e te dá uma nova oportunidade! Escolha, a partir de hoje, caminhar de uma maneira diferente. Escolha trilhar o caminho da libertação.

Em quarto lugar: A sua porção é o Senhor!

Sabe, nós temos a tendência de depositarmos nossas esperanças em homens e em questões materiais, ou seja, naquilo que é efêmero e falível. O único que pode nos completar verdadeiramente é o Senhor! Ele é soberano.

Espere em Deus, mas espere em silêncio, ou seja, com paz no coração, porque Ele está no controle. Não seja mais consumido pelo desespero!

Ele é um Pai e amor. E, como todo o pai, Ele permite que passemos por determinadas situações para nos corrigir, nos ensinar e nos fortalecer. Por isso, não seja roubado nesta transição. Permaneça fiel, porque o Senhor vai cumprir este ciclo na sua vida!

Salmos 40.1: “Esperei com paciência no Senhor, e Ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor.”

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

O amor vence a religiosidade!


Mateus 12.9 a 14: “Tendo Jesus partido dali, entrou na sinagoga deles. Achava-se ali um homem que tinha uma das mãos ressequida; e eles, então, com o intuito de acusá-lo, perguntaram a Jesus: É lícito curar no sábado?

Ao que lhes respondeu: Qual dentre vós será o homem que, tendo uma ovelha, e, num sábado, esta cair numa cova, não fará todo o esforço, tirando-a dali? Ora, quanto mais vale um homem que uma ovelha? Logo, é lícito, nos sábados, fazer o bem. Então, disse ao homem: Estende a mão. Estendeu-a, e ela ficou sã como a outra. Retirando-se, porém, os fariseus, conspiravam contra ele, sobre como lhe tirariam a vida.”

Este texto é impressionante, pois mostra a dureza e a crueldade da religião. Ele expõe a cegueira das pessoas que querem entender a letra, mas não procuram compreender o Deus que fez a letra.

Jesus entrou na sinagoga dos judeus, que queriam que Ele caísse em contradição a qualquer custo. Aqueles homens queriam prendê-lo. O império romano determinou que quem quebrasse as leis de Moisés seria preso! Naquela época, tudo era conduzido pelos sacerdotes. Havia o sinédrio que trabalhava nesse sentido. Mas o Senhor Jesus, ao curar aquele rapaz:

Em primeiro lugar: Mostra que o amor está acima de todas as coisas

Colossenses 3.14: “acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição.”

Cantares 8.6 e 7: “Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura, o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, são veementes labaredas. As muitas águas não poderiam apagar o amor, nem os rios, afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens da sua casa pelo amor,  seria de todo desprezado.”

Os judeus não estavam preocupados com aquele homem enfermo. Na verdade, eles queriam usá-lo para fazer Jesus cair em contradição, mas o Senhor estava ali, justamente, para quebrar as regras, para combater a religiosidade!

Se você não mudar o seu comportamento, se você não tiver um posicionamento de fé, se você não entender que Deus é amor, você viverá condicionado a regras religiosas cruéis, que te impedirão de ver a glória de Deus.

Hebreus 3.12: “Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo.”

Quando Jesus curou aquele homem, o questionaram: “Jesus, é certo curar no sábado? Porque, de acordo com a lei de Moisés, aos sábados, não se pode realizar nenhuma obra!”.

O Messias, então, respondeu: “O que vocês estão pensando? Qual de vocês deixaria uma ovelha do seu rebanho caída em um buraco? Só por que é sábado vocês a deixariam morrer?

Essa seria a atitude extrema da lei. Jesus sabia que, certamente, não deixariam e, ainda, acrescentou: “Então, imagine este homem, que além de ser amado de Deus, vale muito mais que uma ovelha?”.

Então, quebre hoje todos os impedimentos da religiosidade e da maldade. Entenda, de uma vez por todas, que o amor de Deus pela sua vida é pleno.

Deus quer te abençoar, te prosperar, quer que sua vida seja marcada pelo poder de Jesus Cristo! Independente de qualquer determinação da lei, a graça está sobre sua vida, e ela é plena para te abençoar.

Em segundo lugar: Inaugurou um tempo de liberação!

A mão daquele homem era ressequida. Ele era discriminado por causa daquela enfermidade. Era uma pessoa limitada e desprezada, mas Jesus o curou!  Aquele momento foi um divisor de águas. O Senhor o liberou para um novo tempo.

Hoje, o Senhor vai liberar a sua vida! Vai te libertar de todos os complexos, de todos os pensamentos destrutivos, de todas as situações que te limitavam, da falta de esperança e do medo.

Em terceiro lugar: Mostrou que nós devemos preservar o nosso milagre

Preserve o teu milagre. Ao lermos essa passagem, conseguimos dimensionar a maldade daqueles homens. Em vez de se alegrarem com o milagre, eles continuaram perturbando Jesus. Eles queriam matar o Senhor do milagre, matar o amor!

Imagine você presenciar um milagre desses! Qual seria sua reação? Com certeza, você não seria tão cruel a ponto de ignorá-lo!

Olhe quantos milagres o Senhor já realizou na sua vida! Não deixe a crueldade, a insatisfação momentânea e a religiosidade te cegarem! Não conspire contra Jesus, nem contra sua obra! Se Deus realizou um milagre na vida do seu irmão, não fique pensando que você merece mais, não tenha inveja! Alegre-se por ele! Ame-o!

Deixe Jesus Cristo guiar e conduzir sua vida em bênçãos!

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Dicas para vencer o desânimo profissional

Quando a falta de ânimo em realizar as tarefas do dia a dia profissional toma conta do seu ambiente de trabalho, e o estresse ocupacional começa a dar os primeiros sinais de que aquela profissão não te faz mais feliz, as causas que antes não era nada pode começar a aparecer como: falta de perspectiva, salários baixos, pressão excessiva. Mas, no final, estar fazendo o que não gosta é o que mais pesa no dia a dia do profissional. Para A Gerente de Compliance da Microsoft, Juliana Nogueira o primeiro passo para um profissional vencer o desânimo é descobrir qual o seu perfil, identificar suas próprias habilidades e, a partir daí, traçar uma meta para a sua carreira.

Abaixo Juliana Nogueira nos mostra que devemos seguir os seguintes conselhos para recuperarem o ânimo no trabalho

Conheça suas chances no mercado:


Faça algum curso, busque informações sobre o mercado, seja multifuncional, especialista na sua área, mas disposto a atuar outras áreas, com isto terá a chance de conhecer outros setores da empresa, aprender, se relacionar com mais colegas e aumentar o networking.

Trace um plano e coloque suas metas em prática:
  


Antes de pensar nas metas, comece respondendo algumas perguntas como: Quanto? Como? Por quê? Quando? Ou seja, para que seja possível realizar, é necessário que seus objetivos estejam claramente detalhados.

Comece a executar seu plano:



Depois de passar todas as suas metas para o papel, não demore muito para começar a executar, pois quanto mais você demora, maior é a chance de você se atrapalhar depois por isso utilizar planos de ação simplifica sua vida, pois torna a execução de projetos organizada e possibilita envolver equipes de forma fácil e prática.

Na contramão do mundo:

Em uma de suas palestras, Apóstolo Estevam Hernandes falou sobre três tipos de desânimo.

Desânimo na alma:
  


Salmo 42:5 “Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu.”.

Desânimo no corpo:
  


Salmo 32:3 “Enquanto calei os meus pecados, envelheceram os meus ossos pelos meus constantes gemidos todo o dia.”.

Desânimo no espírito:
  


Salmo 51:10-12 Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável. Não me repulses da tua presença, nem me retires o teu Santo Espírito. Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário.”.

O líder da Igreja Renascer, falou sobre três formas de vencer o desânimo. Veja, a seguir, quais são:

Lembrar de todas as conquistas da sua vida:
  


Lamentações 3:21 “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.”.

Eliminar toda negatividade dos seus relacionamentos:


Salmo 1:1-3 “Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido.”.

Não esquecer nenhum dia das promessas de Deus:


Salmos 119:45-50 “E andarei com largueza, pois me empenho pelos teus preceitos.Também falarei dos teus testemunhos na presença dos reis e não me envergonharei. Terei prazer nos teus mandamentos, os quais eu amo. Para os teus mandamentos, que amo, levantarei as mãos e meditarei nos teus decretos. Lembra-te da promessa que fizeste ao teu servo, na qual me tens feito esperar. O que me consola na minha angústia é isto: que a tua palavra me vivifica.”.


Dê um upgrade na sua carreira

Todas as segundas-feiras, a partir das 20 horas, a Igreja Renascer realiza as reuniões da AREPE (Associação de Renascer de Empresários e Profissionais Evangélicos).

O culto é direcionado para empresários, profissionais liberais e para pessoas que precisam de restauração e um direcionamento na área profissional.

No Renascer Hall, sede internacional da Renascer em Cristo, em São Paulo, as palestras são ministradas pelo Apóstolo Estevam Hernandes.

Serviço:
Culto da AREPE
Horário: 20 horas
Local: Todas as Igrejas Renascer em Cristo
Endereço da sede internacional: Rua Dr. Almeida Lima, 1.290 – Mooca



Fabiola Paz - Redação iGospel